SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue10Mythical stories and the construction of the individual: ambiguity of the bodies and indigenous youth in a context of transformation author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

LEMOS, Maria da Conceição Chaves de et al. Anemia em alunos de escolas públicas no Recife: um estudo de tendências temporais. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2011, vol.16, n.10, pp. 3993-4000. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232011001100004.

O objetivo deste estudo foi avaliar as tendências de evolução temporal da anemia em alunos de 7 a 11 anos no bairro da Várzea (Recife-PE) com base em três inquéritos realizados em 1982, 2001 e 2005. A avaliação foi efetuada em dez escolas públicas no 1° estudo e nove nos dois últimos (uma foi desativada), em amostra de 305 alunos (1982), 684 alunos (2001) e 756 alunos (2005). A hemoglobina foi determinada em amostras de sangue colhidas por venopunção, considerando dois critérios para discriminar a anemia: pontos de corte < 12 g/dL e < 11,5 g/dL. Pelo primeiro critério, a prevalência de anemia elevou-se de 8,8% em 1982 para 18,9% em 2001, decaindo para 13,4% em 2005. Pelo segundo critério, a ocorrência de anemia decresceu de 10,7% para 3,6%, entre 2001 e 2005. Na última avaliação, o problema da anemia praticamente desapareceu, a partir dos 9 anos de idade. A evolução da anemia apresentou duas tendências bem diferenciadas: elevação num primeiro momento (1982 - 2001) e rápida diminuição numa segunda etapa (2001-2005).

Keywords : Anemia; Saúde escolar; Estudos transversais.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese