SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue12Reflections on drug policies in BrazilWorking in mental health services in the context of Brazilian psychiatric reform: a technical, political and ethical challenge author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

SERPA JUNIOR, Octavio Domont de. O papel da psiquiatria na reforma psiquiátrica. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2011, vol.16, n.12, pp. 4675-4684. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232011001300016.

A psiquiatria nasce há pouco mais de duzentos anos atrás se caracterizando como uma medicina especial que se oferece ao cuidado institucional do louco e atravessada pelos saberes da medicina, da história natural (biologia) e filosofia (humanidades). Ela nasce marcada pela ruptura do aparato de exclusão dos marginalizados do Antigo Regime e pela pluralidade epistêmica. Neste artigo é discutida a contribuição que a psiquiatria pode dar hoje, pouco mais de dois séculos e depois de alguns importantes remanejamentos conceituais e institucionais, assentada no universo acadêmico e socialmente legitimada, em um outro momento de ruptura, em que novos paradigmas de cuidado são estabelecidos valorizando a situação contextual e intersubjetiva do sofrimento psíquico. Repaginando em um vocabulário contemporâneo a intuição pineliana acerca do desafio ético e epistemológico de um saber e de uma prática de cuidados que tem como objeto o sofrimento psíquico, será defendida a tese de que a este saber e prática se impõe uma articulação dos planos do corpo, da experiência e da narrativa em uma interlocução permanente.

Keywords : Psiquiatria; Reforma psiquiátrica; Corpo; Experiência; Narrativa.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese