SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue12Applicability of the analysis by multiple cause of death by cervical cancer: the experience in MexicoLogic models from an evaluability assessment of pharmaceutical services for people living with HIV/AIDS author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

ARAUJO, Fábia Michelle Rodrigues de; FELICIANO, Katia Virginia de Oliveira  and  MENDES, Marina Ferreira de Medeiros. Aceitabilidade de doadores de sangue no hemocentro público do Recife, Brasil. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2011, vol.16, n.12, pp. 4823-4832. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232011001300031.

Este estudo avaliou a aceitabilidade de doadores em relação às etapas da doação de sangue (recepção, triagens de enfermagem e médica, e coleta) em hemocentro público do Recife, ressaltando o acolhimento. Obteve-se amostra de 527 doadores: em cada 19 pessoas que sequencialmente doaram sangue, a décima nona era convidada a responder um questionário. Na análise aplicou-se o qui-quadrado (Χ2). Ao redor de 81,4% eram homens, 81,0% doadores de repetição, 50,3% insatisfeitos com o tempo gasto na doação e 36,4% com dificuldade de chegar ao serviço. A forte aceitabilidade do acolhimento adveio, sobretudo, da comunicação e da forma de tratamento. Mostraram significância estatística: mulheres e doadores com maior escolaridade pediram mais esclarecimentos e homens tiveram percepção mais positiva das triagens. A sala de coleta foi o setor melhor avaliado. Contudo, foram feitas referências à impessoalidade, à persistência de dúvidas e à rapidez da entrevista médica. A atenção centrada no doador requer que a educação continuada também contemple a formação humanitária dos profissionais.

Keywords : Doadores de sangue; Satisfação do usuário; Qualidade dos cuidados de saúde; Avaliação de serviços de saúde; Avaliação em saúde.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese