SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue2Trade unionism, working conditions and health: the perspective of educational professionals in Rio de JaneiroEvaluation of the impact on quality of life caused by oral health problems in adults and the elderly in a southeastern Brazilian city author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

GRANVILLE-GARCIA, Ana Flávia et al. Tabagismo entre acadêmicos da área de saúde. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2012, vol.17, n.2, pp. 389-396. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232012000200013.

Avaliar a relação entre o tabagismo e os fatores comportamentais e sociodemográficos entre acadêmicos da área de saúde da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Foi realizado um estudo transversal analítico, no qual foi obtida uma amostra representativa de cada curso (Odontologia, Enfermagem, Psicologia, Farmácia, Fisioterapia e Educação Física). Foram entrevistados 492 alunos por meio de formulário estruturado. Os testes estatísticos utilizados foram Qui-quadrado e o Exato de Fisher (significância de 5%). A prevalência de tabagismo foi de 5,7% e o estresse foi a principal razão para o início do hábito (36,8%). Na análise multivariada por regressão logística as variáveis, sexo, prática de religião, período cursado e consumo etílico apresentaram-se associadas ao hábito de fumar (p<0,05). Apesar de estudos relatarem uma forte relação entre estudantes universitários e fumo, a prevalência de tabagismo foi baixa. A maioria das variáveis estudadas demonstrou associação com o hábito de fumar. Sendo o fumo e o álcool as duas maiores dependências humanas, este estudo sugere uma relação bidirecional entre estas variáveis.

Keywords : Tabagismo; Estudantes; Alcoolismo; Epidemiologia; Fatores de risco.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English