SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue4"The vein is missed": meanings of intravenous therapy practice in Neonatal Intensive Care UnitOral health and access to dental care services in relation to the Health Necessities Index: São Paulo, Brazil, 2008 author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

ARREAZA, Antonio Luis Vicente. Epidemiologia crítica: por uma práxis teórica do saber agir. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2012, vol.17, n.4, pp. 1001-1013. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232012000400022.

O presente trabalho revisita inicialmente algumas das questões mais significativas referentes ao conceito de saúde desenvolvido nas práticas discursivas contemporâneas, como sua relação com a capacidade normativa dos sujeitos frente à instituição de novas normas sociais e ou biológicas. Em seguida, é resgatado o modelo dialético do processo de determinação social da saúde-doença no contexto dos processos contraditórios do sistema de reprodução social, como no âmbito do devir dos nexos biopsicossociais e seus modos de vida historicamente específicos. Na sequência, transita-se sob as dimensões contraditórias do processo de reprodução social capitalista, como sob sua lógica tecno-econômica de produção e consumo, considerando seus respectivos impactos sobre as condições de vida e saúde dos sujeitos e coletividades. Por fim, há uma reflexão sobre a importância de uma práxis emancipadora para a epidemiologia na conquista do bem-estar e da qualidade de vida como também é enfatizada a necessidade do seu compromisso na estruturação de um novo paradigma para o campo da saúde pública em sua práxis do saber agir.

Keywords : Epidemiologia crítica; Práxis do saber agir; Determinação da saúde-doença.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese