SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue7Quality of abortion care in the Unified Health System of Northeastern Brazil: what do women say?Misoprostol: pathways, mediation and social networks for access to abortion using medication in the context of illegality in the State of Sao Paulo author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

CORREA, Marilena Cordeiro Dias Villela  and  MASTRELLA, Miryam. Aborto e misoprostol: usos médicos, práticas de saúde e controvérsia científica. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2012, vol.17, n.7, pp. 1777-1784. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232012000700016.

Este artigo coloca em perspectiva a controvérsia entre a associação do uso de misoprostol para aborto e teratogenicidade, encontrada em estudos do tipo relato de caso, e a consagração do uso de medicamentos à base do fármaco na área médico-obstétrica e em documentos normativos nacionais e internacionais que regulam o registro e a circulação de produtos farmacêuticos. Através do método monográfico, foram revisados, sistematizados e analisados documentos oficiais da Anvisa, Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde sobre o uso do misoprostol, bem como 68 artigos do tipo relato de casos clínicos, publicados em periódicos científicos nacionais, que associam aborto, misoprostol e teratogenicidade. A interdição legal do aborto impede a prescrição e o uso adequados de uma droga que produz efeitos eficazes e seguros como o misoprostol. Assim, o grande malefício à saúde de mulheres está ligado não a características intrínsecas ao fármaco, mas a argumentos morais que representam descaso e desrespeito aos direitos fundamentais de mulheres.

Keywords : Aborto; Misoprostol; Síndrome de Moebius; Saúde pública; Produção de conhecimentos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese