SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 número9Associação ecológica entre características dos municípios e o risco de homicídios em homens adultos de 20-39 anos de idade no Brasil, 1999-2010Atendimentos de emergência a vítimas de violências e acidentes: diferenças no perfil epidemiológico entre o setor público e o privado. VIVA - Campinas/SP, 2009 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Page  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Ciência & Saúde Coletiva

versão impressa ISSN 1413-8123

Resumo

PEDROSA, Ana Amélia Galas; MASCARENHAS, Márcio Dênis Medeiros; COSTA, Elaine Monteiro da  e  CRONEMBERGER, Liana Pereira. Atendimentos por causas acidentais em serviços públicos de emergência - Teresina, Piauí - 2009. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2012, vol.17, n.9, pp. 2269-2278. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232012000900009.

As causas externas representam atual desafio para as políticas públicas, destacando os acidentes na agenda pública de saúde. Este artigo objetiva descrever as características dos atendimentos de emergência agrupados na categoria "outros acidentes" do Inquérito VIVA 2009, em serviços públicos de Teresina, Piauí. Os dados foram coletados em formulário padronizado, digitados no Epi Info 3.5.1 e analisados no Stata 11 (módulo svy). Compararam-se as características relativas à vítima, ocorrência e atendimento, segundo faixa etária e tipo de acidente por meio do teste do qui-quadrado de Pearson. Do total de 2.061 atendimentos por causas externas, 677 (32,9%) foram devidos a "outros acidentes", dos quais 202 (29,8%) foram por ferimento com objeto perfurocortante, 172 (25,4%) por queda de objeto sobre pessoa/choque de pessoas contra objeto, 111 (16,4%) por corpo estranho e 70 (10,3%) de acidentes com animais. Acidentes no domicílio, com lesões localizadas no tronco e com evolução para internação foi mais frequentes em pacientes < 20 anos (p < 0,005). Identificaram-se diferenças significativas no padrão de ocorrência entre os tipos de acidentes. A magnitude desses eventos sugere a necessidade de programas que reduzam a vulnerabilidade aos acidentes, articulando ações de prevenção e promoção da saúde.

Palavras-chave : Vigilância em Saúde; Causas externas; Acidentes; Atendimento de emergência.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português