SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue9Reproductive decisions and newborn screening: the perspective of female caregivers of children with sickle cell diseaseDispensing specialized component medicines in areas of the State of Rio de Janeiro author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

SILVEIRA, Elaine Rosner. Práticas que integram a saúde mental à saúde pública: o apoio matricial e a interconsulta. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2012, vol.17, n.9, pp. 2377-2386. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232012000900018.

Este artigo é um desdobramento da Tese de Doutorado defendida na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Tem como objetivo abordar a histórica dissociação entre a saúde mental e a saúde pública mais ampla bem como as práticas que propõem sua integração, examinando o contexto científico que produz esta dissociação bem como os documentos nacionais e internacionais na saúde que referem à necessidade de integração. Foram analisados a partir de Rose os documentos e entrevistas com profissionais da saúde sobre as práticas de Apoio Matricial e Interconsulta formuladas pelo Ministério da Saúde e pela Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre (RS), que pretendem relacionar a saúde mental com a Atenção Primária à Saúde. Estes documentos e práticas da saúde propõem aos profissionais novas subjetivações. Enfatizam a interdisciplinaridade e a não hierarquização de serviços e saberes, e estão em consonância com a forma de organização social contemporânea, que propõe que se assumam decisões horizontais e democráticas, em vez de impostas por uma autoridade vertical típica dos modelos patriarcal e biomédico.

Keywords : Saúde mental; Saúde pública; Atenção primária à saúde; Apoio matricial; Interconsulta.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese