SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 número9O processo de trabalho na Estratégia Saúde da Família e suas repercussões no processo saúde-doençaRelações entre depressão, álcool e gênero na região metropolitana de São Paulo, Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Page  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Ciência & Saúde Coletiva

versão impressa ISSN 1413-8123

Resumo

FERREIRA, Irani Machado et al. Fatores associados à incidência da malária em área de assentamento, município de Juruena, Mato Grosso, Brasil. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2012, vol.17, n.9, pp. 2415-2424. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232012000900022.

Analisaram-se fatores associados à ocorrência da malária no Assentamento Vale do Amanhecer, Juruena - Mato Grosso em 2005. Foram entrevistados 200 indivíduos assentados, de ambos os sexos e idade igual ou superior a 18 anos. A prevalência de malária referida em 2005 foi de 33,0%. A análise através da razão de prevalência mostrou que as maiores prevalências de malária foram nos indivíduos que exerciam atividade garimpeira (67,0%); procedentes de área não endêmica (43,0%); com conhecimento inadequado sobre o horário de maior atividade do vetor (71,0%) e indivíduos que referiram estar na roça após as 17:00 horas (59,0%). Concluiu-se que no Assentamento Vale do Amanhecer fatores como, ocupação, procedência, conhecimento inadequado sobre onde a malária é transmitida, horário que o mosquito costuma picar, e as atividades de cada indivíduo em relação ao horário de pico do vetor, mostraram-se associadas à malária em 2005.

Palavras-chave : Epidemiologia; Malária; Assentamento; Fatores sociodemográficos; Conhecimento e prática.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês