SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.1 issue2Using the concepts of gender and/or sex in epidemiology: an example in the hierarchical approach conceptual frameworkEpidemiological study in oral health: analysis of the methodology proposed by World Health Organization author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

MIRANDA, Paulo Sérgio C. et al. Validação de quatro definições de caso de aids em usuários de drogas injetáveis em Barcelona, Espanha. Rev. bras. epidemiol. [online]. 1998, vol.1, n.2, pp. 170-176. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X1998000200007.

O objetivo do estudo é observar a sensibilidade e a especificidade de 4 definições epidemiológicas de Caso de Aids ("CDC-87", "CDC-93", "Europa-93"e "Caracas Revisada") em usuários de drogas (ilícitas) intravenosas, infectados pelo HIV/VIH. Os autores realizaram um estudo com 136 usuários, infectados pelo HIV/VIH, de um centro penitenciário para homens e de um centro de tratamento de usuários de drogas de Barcelona, Espanha, entre Outubro/1993 e Abril 1994. Um protocolo, incluindo variáveis demográficas, clínicas e laboratoriais, foi usado pelo mesmo médico e os testes laboratoriais, necessários à investigação, realizados na mesma instituição. Em seguida, os pacientes da amostra foram classificados nas 4 definições de Caso de Aids usados pelo estudo. Como padrão foi usada a contagem de CD4+. O número de casos de Aids variou entre 31 e 84 segundo a definição de Caso de aids utilizada. O uso de Definição CDC-93 implicou no aumento de 170,9% no número de casos com relação a Definição CDC-87. As sensibilidades das definições de Caso de Aids - CDC-87, CDC-93, Europa-93 e Caracas Revisada foram respectivamente, 34,2, 88,6, 45,6 e 56,9%, enquanto as especificidades foram, respectivamente, 93,0, 75,4, 75,4 e 77,2%. Os valores predictivos positivos estiveram entre 72,0% (Definição Europa-93) e 87,1% ("CDC-87") e os valores predictivos negativos se apresentaram entre 50,0% ("Europa-93) e 82,7% ("CDC-93"). Os autores concluíram que a Definição Epidemiológica de Caso de Aids "Caracas Revisada" apresentou melhor sensibilidade e especificidade que as apresentadas pela Definição de Caso de Aids "Europa-93". Por este motivo, a Definição de Caso "Caracas Revisada" pode ser útil em países e situação onde a contagem de células CD4+; por razões técnicas ou econômicas, não é disponível.

Keywords : Síndrome da imunodeficiência adquirida, epidemiologia; Abuso de substâncias por via endovenosa; Desenho de pesquisa epidemiológica; Sensibilidade e especificidade; Espanha.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English