SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.5 issue1Evaluating the efficacy of the nutritional counseling component of the "integrated management of childhood illness" strategy (WHO/UNICEF)Impact of primary health care units' practice on the duration of exclusive breastfeeding author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

NEUMANN, Nelson A. et al. Impacto da Pastoral da Criança sobre a nutrição de menores de cinco anos no Maranhão: uma análise multinível. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2002, vol.5, n.1, pp. 30-40. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2002000100005.

JUSTIFICATIVA: A Pastoral da Criança acompanha mais de 1,5 milhão de crianças mensalmente na promoção da saúde materno-infantil. Há necessidade de avaliações independentes para avaliar o seu impacto. OBJETIVO: Comparar indicadores de nutrição infantil em comunidades servidas pela Pastoral da Criança e em comunidades-controle através da análise tradicional e multinível. DELINEAMENTO: Estudo quase-experimental, comparando conglomerados de crianças acompanhadas por 60 líderes comunitárias da Pastoral e conglomerados-controle. LOCAL: Áreas urbanas e rurais (municípios São Luís e Timbiras) no Maranhão. PARTICIPANTES: 60 conglomerados em cada grupo (Pastoral e Controle) e média de 14 crianças por conglomerado, sendo efetivamente incluídas no estudo 1.629 crianças, das quais 820 eram acompanhadas pela Pastoral. RESULTADOS: A análise dos desfechos foi realizada através de métodos tradicionais, que ignoram a estrutura hierarquizada dos dados, e considerando as correlações intra-grupos através de análise multinível. Esta mostrou que a variabilidade do modelo de regressão estava distribuída em todos os 4 níveis estudados. Na análise tradicional do escore-Z de altura para idade, as crianças da Pastoral eram em média 0,184 escore-Z mais baixas do que as crianças controle (P=0,03). Após ajuste para o escore de fatores de confusão, esta diferença aumentou. No entanto, quando se ajustou para a idade das crianças o efeito diminuiu e deixou de ser significativo. A análise multinível não mostrou efeito significante da Pastoral em nenhum dos modelos de ajuste, ao contrário da análise tradicional. Tanto a análise tradicional quanto a multinível apresentaram resultados similares quanto ao desfecho de aleitamento materno exclusivo ou predominante no terceiro mês de vida, ambos evidenciando influência positiva da Pastoral da Criança, tanto na análise bruta quanto na análise ajustada (razões de odds de 4,37 e 4,63 respectivamente, ambas com p<0,001). CONCLUSÃO: A avaliação mostrou que a análise tradicional, ao ignorar as correlações intra-classes, pode apresentar resultados diversos da multinível. No presente estudo, a Pastoral da Criança esteve associada a melhoria do aleitamento materno exclusivo ou predominante, mas não em termos de altura/idade.

Keywords : Criança; Atenção primária a saúde; Intervenção; Agente comunitário; Avaliação de serviços; Epidemiologia; Desnutrição; Aleitamento materno.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese