SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.5 issue1Impact of primary health care units' practice on the duration of exclusive breastfeedingIsotope methods for evaluating the impact of the National Nutritional Program in Alagoas: methodological aspects and preliminary results author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

CASTRO, Inês Rugani Ribeiro de  and  MONTEIRO, Carlos Augusto. Avaliação do impacto do programa "Leite é Saúde" na recuperação de crianças desnutridas no Município do Rio de Janeiro. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2002, vol.5, n.1, pp. 52-62. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2002000100007.

OBJETIVO: Avaliar o impacto do Programa "Leite é Saúde" (PLS) na recuperação nutricional de crianças desnutridas atendidas na rede municipal de saúde do Rio de Janeiro (Rio) no período de 1994 a 1996. MÉTODO: Foram estudadas todas as crianças inscritas desde o início do programa que atendiam aos critérios de inclusão (idade entre 6 e 23 meses e peso/idade < percentil 3 da curva NCHS (PI<P3)), que haviam sido acompanhadas nas unidades de saúde por pelo menos um ano e que possuíam pelo menos um registro de peso em cada intervalo trimestral de acompanhamento (n=748). O indicador de impacto utilizado foi a variação positiva do índice peso/idade (em escore z). O efeito de regressão à média foi corrigido aplicando-se ao escore z inicial fatores de correção baseados em coeficientes de correlação observados entre medidas seqüenciais de crianças bem nutridas norte-americanas. Foram estudados como possíveis modificadores de impacto: idade e estado nutricional no ingresso, antecedentes e estado de saúde, provisão de óleo como suplemento alimentar adicional, distribuição de cota suplementar de leite para "contatos" do beneficiário e complexidade da unidade de saúde. RESULTADOS: A variação média do índice peso/idade dos beneficiários ao final de doze meses de programa foi de +0,464 (IC95%=0,41-0,52). O ritmo da recuperação nutricional foi semelhante no 1º e 2º semestres de acompanhamento (+0,245 e 0,219, respectivamente, (p=0,33)). O impacto do programa foi tanto maior quanto mais intenso o déficit ponderal inicial (p<0,000001); a idade com que a criança entrou no programa não exerceu influência significativa na resposta obtida (p=0,56). A presença de fatores adversos não comprometeu o sucesso da intervenção. CONCLUSÃO: Os achados indicam que o PLS foi efetivo na recuperação nutricional de crianças. O exame da validade interna do estudo sustenta esta conclusão. Favorecem a generalização dos achados para áreas urbanas similares ao Rio o fato de o programa avaliado ter sido implementado em condições usuais de funcionamento da rede de saúde e o achado de que o impacto do programa foi semelhante em unidades com diferentes níveis de complexidade. O fato de o Rio ter utilizado um critério nutricional para inclusão no programa mais específico (PI<P3) que o critério original (peso/idade < percentil 10 da curva NCHS) desfavorece esta generalização, ao menos quanto à magnitude do impacto.

Keywords : Desnutrição infantil; Recuperação nutricional; Programa de suplementação alimentar; Avaliação de impacto; Rio de Janeiro, Brasil.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese