SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.6 issue1A survey on hypertension and cognitive deficit in elderly subjects in a geriatric unitIntroduction of complementary foods and its relation with demographic and socioeconomic variables during the first year of life of children born in a University Hospital in the city of Sao Paulo author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

GOLDENBERG, Paulete; SCHENKMAN, Simone  and  FRANCO, Laércio Joel. Prevalência de diabetes mellitus: diferenças de gênero e igualdade entre os sexos. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2003, vol.6, n.1, pp. 18-28. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2003000100004.

O presente estudo tem como propósito caracterizar a prevalência de Diabetes Mellitus (DM) em São Paulo, segundo diferenciais sociais e de gênero, constituindo um desdobramento do inquérito domiciliar realizado em nove capitais brasileiras (Estudo Multicêntrico de Prevalência de Diabetes Mellitus no Brasil). Este levantamento envolveu duas etapas de investigação: numa primeira fase, foi rastreada a glicemia capilar de jejum (GCJ) em 2.007 indivíduos, na faixa etária de 30 a 69 anos; numa segunda fase, foi realizada a determinação da glicemia capilar após 2 horas de sobrecarga com 75g de glicose em todos os indivíduos com GCJ maior ou igual a 100mg/dl e em 1/6 dos indivíduos com GCJ menor que 100mg/dl. Realizada a expansão dos resultados obtidos na segunda fase da investigação para a amostra original, foram estudadas as prevalências de DM pré e recém diagnosticados, relacionando-as com idade, sexo, ocupação, escolaridade, naturalidade, bem como com a distribuição por área. Ancorada na oposição e complementaridade das relações de gênero, a presente proposta se organiza norteada pela hipótese de que o DM recém-diagnosticado aumentaria na população masculina e nos segmentos mais pobres da população, diante da busca ativa, como contraponto dos resultados referenciados ao DM pré- diagnosticado ou auto-referido. Os resultados encontrados confirmaram as referidas hipóteses, ressaltando o desaparecimento das diferenças entre os sexos. A elevada proporção da doença decorrente da busca ativa, duplicando a prevalência observada entre os pré-diagnosticados, chamou a atenção para a relevância da consideração socialmente diferenciada na detecção dos novos casos. A identificação de diversificadas injunções sociais junto às populações masculina e feminina, associadas à ocorrência do diabetes, reforçaram a necessidade da realização de estudos específicos sobre a obesidade, com vistas à melhor compreensão das situações de risco e prevenção da doença.

Keywords : Diabetes Mellitus; Inquérito domiciliar; Prevalência; Condições sociais; Gênero.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese