SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.6 issue1Prevalence of diabetes mellitus: gender differences and sex equalitiesCoverage of physical breast examination to prevent breast cancer: a population-based study in Pelotas, RS author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

SIMON, Viviane Gabriela Nascimento; SOUZA, José Maria Pacheco de  and  SOUZA, Sonia Buongermino de. Introdução de alimentos complementares e sua relação com variáveis demográficas e socioeconômicas, em crianças no primeiro ano de vida, nascidas em Hospital Universitário no município de São Paulo. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2003, vol.6, n.1, pp. 29-38. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2003000100005.

INTRODUÇÃO: A alimentação da criança no 1º ano de vida é muito importante para seu crescimento e desenvolvimento. A alimentação complementar é influenciada por complexos fatores sociais, econômicos e culturais. OBJETIVO: Verificar a idade de introdução de alimentos complementares no primeiro ano de vida, e sua relação com variáveis demográficas e socioeconômicas. MÉTODOS: Estudou-se uma coorte de crianças nascidas em Hospital Universitário do Município de São Paulo. A verificação da idade de introdução de alimentos foi feita a partir de fichas preenchidas pela mãe, diariamente, onde constavam os alimentos oferecidos à criança a cada dia, até o final do seguimento. A introdução dos alimentos foi descrita utilizando-se a técnica de análise de sobrevida de Kaplan & Meier, e a análise de associação entre idade de introdução dos alimentos e as variáveis independentes foi feita pelo modelo de análise multivariável de Cox. RESULTADOS: As idades medianas de introdução de água ou chá, leite não materno, frutas, verduras e legumes, cereais e tubérculos foram menores de 6 meses. Foram verificadas associações estatisticamente significativas entre escolaridade materna, renda familiar, trabalho materno e introdução de alguns alimentos. CONCLUSÃO: Houve introdução precoce de água ou chá e de leite não materno. Além da renda e do trabalho materno, a escolaridade materna parece ser a variável que mais influencia a introdução de alimentos complementares.

Keywords : Desmame; Alimentação infantil; Alimentação complementar; Prática alimentar infantil.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese