SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.7 issue2Reliability and validity of oral health surveys: dental caries in the city of Sao Paulo, 2002TP53 mutation in malignant breast tumors: association with risk factors and clinical-pathological characteristics, including risk of death, in patients from Rio de Janeiro author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

IGNOTTI, Eliane; RODRIGUES, Alex Miranda; ANDRADE, Vera Lúcia Gomes de  and  VALENTE, Joaquim Gonçalves. Aplicação de métodos de estimativa da prevalência de hanseníase no Estado de Mato Grosso. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2004, vol.7, n.2, pp. 155-166. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2004000200005.

Uma questão desafiadora para a eliminação da hanseníase como problema de saúde pública é o conhecimento da sua real prevalência. Este estudo tem por objetivo comparar os resultados de dois métodos publicados como propostas de estimativa de prevalência oculta de hanseníase, a tendência definida pelo Ministério da Saúde, e a estimativa realizada pela Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES/MT) para a implantação do programa "Tolerância Zero: Mato Grosso sem hanseníase", tendo como parâmetro o número de casos novos detectados em 2001. Fez-se a aplicação dos métodos e da tendência, utilizando-se a série de casos de hanseníase detectados no período de 1996 a 2000 para todos os municípios do Estado. Definiu-se como nível endêmico a média aritmética ajustada aos casos novos detectados no mesmo período. Verificou-se que todas as estimativas mostraram associação positiva maior que 75% com o número de casos detectados em 2001. A maior associação foi verificada entre a meta ou estimativa da SES/MT (r2=0,895), que por outro lado não é observada com a exclusão do nível endêmico. Concluímos que os métodos publicados apenas sugerem a presença de reservatórios de casos em áreas com detecção tardia. Operacionalmente, parece mais adequado basear-se em séries históricas segundo idade, classificação operacional, grau de incapacidade física e número de lesões no momento do diagnóstico para a identificação de áreas de risco e, conseqüentemente, eliminação da hanseníase.

Keywords : Hanseníase; Estimativa de prevalência; Mato Grosso.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese