SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue1Working conditions and self-medication among primary healthcare professionals in an urban area of Pelotas, RSPrevalence of osteoporosis and vertebral fractures in postmenopausal women attending reference centers author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

SA, Mirivaldo Barros e; BARROS, José Augusto Cabral de  and  SA, Michel Pompeu Barros de Oliveira. Automedicação em idosos na cidade de Salgueiro-PE. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2007, vol.10, n.1, pp. 75-85. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2007000100009.

OBJETIVOS: identificar os determinantes associados ao perfil da automedicação na população de idosos de 60 anos e mais, no município de Salgueiro/Pernambuco/Brasil. MÉTODO: Estudo de corte transversal realizado na zona urbana no município de Salgueiro - PE. Entre 01/05 a 10/06/2004, foram aplicados questionários em uma amostra de 355 indivíduos da população de 60 anos e mais. Os dados foram processados e analisados no EPIINFO 6.04 após digitação em dupla entrada e validação. RESULTADOS: 44,9% dos entrevistados encontravam-se na faixa etária de 60-70 anos, 247 (69,8%) eram do sexo feminino, 188 (53,1%) eram analfabetos e 145 (40,7%) tinham o primeiro grau incompleto, sendo 276 (77,7%) aposentados. Entre os que faziam uso de medicamentos sem receita médica houve predomínio de analgésicos (30%) e antipiréticos (29%). Entre os motivos mais freqüentes apresentados, e que levavam os indivíduos a tomar remédios por conta própria, a dor tem o maior índice (38,3%), seguida de febre (24,4%), diarréia (8,0%), pressão alta (8,0%) e tosse (5,2%). Houve associação entre a ausência de atividade física e automedicação (x2 =14,44, p=0,001). CONCLUSÃO: existe grande prevalência da automedicação neste grupo, sendo os analgésicos e os antipiréticos os mais utilizados; a dor é o sintoma que mais leva à automedicação; os idosos sedentários se automedicam mais que os praticantes de atividade física.

Keywords : Automedicação; Idosos; Consumo de medicamentos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese