SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue1Determinants of excessive weight gain during pregnancy in a public low risk antenatal care serviceRisk behavior and vulnerability among Physical Education students author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

NUNES, Luiz Maurício Nogueira; QUELUZ, Dagmar de Paula  and  PEREIRA, Antonio Carlos. Prevalência de fissuras labiopalatais no município de Campos dos Goytacazes-RJ, 1999-2004. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2007, vol.10, n.1, pp. 109-116. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2007000100012.

O objetivo deste estudo foi determinar a prevalência de fissuras labiopalatais no município de Campos dos Goytacazes-RJ, Brasil, em crianças nascidas entre 01/01/1999 e 31/12/2004. Foram considerados a faixa etária, tipo de fissura, sexo e raça da criança, além do estado civil, grau de escolaridade e procedência da mãe do portador na época do parto. Deste modo, foram verificados os prontuários de pacientes inscritos em serviços de referência em tratamento de anomalias craniofaciais, com o objetivo de selecionar os nascidos e/ou domiciliados no município de Campos dos Goytacazes. Após seleção inicial, foi realizada busca no Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (SINASC), definindo o universo do estudo, a saber: nascidos vivos entre 1999 e 2004, cujas mães eram residentes em Campos dos Goytacazes. Neste período, o número de nascidos no município, por residência da mãe, foi de 46.707, dos quais 63 possuíam algum tipo de fissura labiopalatal, representando uma prevalência de 1,35 casos por 1000 nascidos vivos. A análise dos dados revelou que 55,6% dos pacientes eram do sexo masculino. Os tipos de fissuras mais encontrados foram o de lábio e palato e o de palato isolado (34,9% cada). Embora a raça branca tenha representado 61,3% dos indivíduos estudados, o percentual de casos por raça não diferiu estatisticamente em relação à distribuição de nascidos na população. Com relação à mãe do portador, a maior parte das mães era solteira ou casada, possuindo como característica o baixo grau de escolaridade.

Keywords : Fissuras orais; Prevalência; Epidemiologia oral.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese