SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue3Hematological diseases and environmental risk: the importance of clinical records to epidemiological surveillanceSick leaves among nursing professionals in basic healthcare centers of the Brazilian National Unified Healthcare System - SUS - in the city of Campinas author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

CASTRO, Hermano Albuquerque de; GONCALVES, Karen dos Santos  and  VICENTIN, Genésio. Estudo das internações hospitalares por pneumoconioses no Brasil, 1993-2003. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2007, vol.10, n.3, pp. 391-400. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2007000300010.

Possivelmente, a incidência de pneumoconiose deve ser elevada entre os expostos, mas não há informações epidemiológicas referentes a séries históricas sobre as internações hospitalares nas diversas regiões do país. OBJETIVO: Estudar a freqüência e distribuição dessa doença no Brasil e suas unidades federadas, através de levantamento das internações hospitalares por pneumoconiose no período entre 1993 e 2003, e discutir as possibilidades de estas internações estarem relacionadas ao processo de trabalho de cada região. MATERIAL E MÉTODOS: Informações de morbidade por pneumoconiose foram recolhidas, descritas e analisadas a partir do Sistema de Informação das Internações Hospitalares do SUS e do IBGE, para população acima de 15 anos, distribuídas por Estados e no Brasil no período de 1993 a 2003. Foram utilizadas listas da CID-9 (1993-1997) e da CID-10 (1998-2003). RESULTADOS: Observou-se uma predominância dos Estados do Sul e Sudeste, demonstrando uma correlação direta com o processo de trabalho e o acesso dos trabalhadores aos serviços de saúde. DISCUSSÃO: Os dados permitiram identificar uma diferença entre os resultados anteriores e, após 1998, com a mudança da CID 9 para a CID 10, indicando uma relação entre as modificações de critérios diagnósticos e na forma de coleta dos dados primários pelo SUS. CONCLUSÃO: A distribuição das internações é heterogênea e provavelmente reflete o vértice de uma pirâmide invertida do total de casos que deve ocorrer, de fato, entre os trabalhadores brasileiros. Seu enfrentamento possibilita a aproximação da real situação epidemiológica, contribuindo para a orientação de medidas profiláticas de redução dos riscos e preparo do sistema assistencial.

Keywords : Pneumoconiose; Silicose; Asbestose; Doença respiratória ocupacional.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese