SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue3Hospital admissions due to pneumoconiosis in Brazil, 1993-2003Food list reduction for a food frequency questionnaire: methodological issues author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

GEHRING JUNIOR, Gilson et al. Absenteísmo-doença entre profissionais de enfermagem da rede básica do SUS Campinas. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2007, vol.10, n.3, pp. 401-409. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2007000300011.

O objetivo deste trabalho é analisar índices de absenteísmo-doença entre profissionais de enfermagem de 16 Unidades Básicas de Saúde do Município de Campinas durante o ano de 2002. Foram obtidos junto à seção de Recursos Humanos Descentralizados dados de assiduidade de 311 trabalhadores de enfermagem de Centros de Saúde dos Distrito Norte e Leste do Município de Campinas, e calculados os índices de freqüência, gravidade e proporção de tempo perdido. As variáveis disponibilizadas foram tempo de trabalho na função, categoria funcional, sexo e carga horária semanal. Dados de pesquisas realizadas sobre absenteísmo com pessoal de hospital e do ramo industrial e empresarial foram utilizados para a análise e comparação com o presente estudo. A função de técnico ou auxiliar de enfermagem representou a maioria da população (82,6%), a jornada de trabalho de 36 horas semanais foi realizada por 90,6% dos pesquisados e 93,5% eram do sexo feminino. O índice de freqüência de absenteísmo foi de 2,88 afastamentos iniciados por empregado/ ano, o de gravidade foi de 12,27 dias perdidos por empregado/ano, e a proporção de tempo perdido foi de 5,56% ao ano. Os enfermeiros tiveram índice de freqüência menor que o de auxiliares e técnicos. Os índices encontrados neste trabalho foram maiores do que a maioria dos estudos realizados com profissionais de hospitais. A fim de minimizar o fenômeno como reflexo do impacto das condições desfavoráveis para a saúde do trabalhador, propõe-se diminuir da exposição às cargas de trabalho e melhorar a política de saúde do trabalhador para os servidores da categoria.

Keywords : Absenteísmo; Epidemiologia; Saúde do trabalhador; Condições de trabalho.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese