SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue1Adjustment of adverse events assessment forms for use in Brazilian hospitalsEpidemiology of unsafe abortion in a poverty stricken environment Favela Inajar de Souza, São Paulo, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

BAMPI, Luciana Neves da Silva; GUILHEM, Dirce  and  LIMA, David Duarte. Qualidade de vida em pessoas com lesão medular traumática: um estudo com o WHOQOL-bref. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2008, vol.11, n.1, pp.67-77. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2008000100006.

OBJETIVOS: Conhecer a percepção de qualidade de vida em pessoas com lesão medular traumática, utilizando a metodologia adotada pela Organização Mundial de Saúde (OMS). MÉTODOS: Trata-se de uma pesquisa transversal, na qual foi realizado um estudo descritivo para conhecer as características sociodemográficas e a distribuição das lesões medulares traumáticas na amostra estudada. Em seguida, com o intuito de conhecer a percepção da qualidade de vida dessa população, utilizou-se o WHOQOL - bref. As análises estatísticas realizadas incluíram análises descritivas de freqüência, tendência central e dispersão e análise inferencial de comparação entre os domínios. O estudo transcorreu de janeiro de 2005 a maio de 2006 e foi desenvolvido com pessoas no momento de sua admissão no programa de reabilitação do Hospital Sarah Brasília. Utilizou-se uma amostra de conveniência, com 111 entrevistados. RESULTADOS: Os indivíduos estudados são, em sua maioria, homens jovens, solteiros, possuidores do ensino fundamental e vítimas de acidentes de trânsito e de armas de fogo. A percepção da qualidade de vida demonstrou que os domínios que refletiram os piores escores de avaliação estavam relacionados ao meio ambiente e à saúde física; e os mais bem avaliados estavam ligados à saúde psicológica e às relações sociais. CONCLUSÃO: O estudo permitiu conhecer a percepção de qualidade de vida do grupo pesquisado. Recomenda-se estudo que inclua tetra-plégicos e lesados medulares não traumáticos, com o intuito de se obter uma avaliação mais global.

Keywords : Qualidade de vida; Traumatismos da medula espinhal; Paraplegia; Ajustamento social.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )