SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue2Cancer in elderly women in the South and Southeast regions of Brazil: mortality trends in the 1980- 2005 periodStudy of the triatomine fauna and occurrence of Chagas disease in Monte Negro, Rondonia, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

RONCO, Alvaro L. et al. Somatotipo de risco de câncer de mama: um estudo caso-controle no Uruguai. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2008, vol.11, n.2, pp.215-227. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2008000200004.

Segundo as evidências, há uma necessidade mais profunda de avaliação e quantificação da dimensão e da forma corporal e o risco de câncer de mama (CM). Utilizando a metodologia do somatotipo, realizamos uma pesquisa original com o objetivo de explorar possíveis associações entre a forma corporal e o risco de CM nas mulheres uruguaias. Com essa finalidade, 254 casos recentes de CM e 1.000 controles emparelhados por freqüência foram entrevistadas sobre história menstrual e reprodutiva, e uma série de dobras cutâneas, circunferências e diâmetros foram medidas especificamente para se fazer o cálculo do somatotipo. Foi encontrada uma associação positiva com CM para forte endomorfismo (OR = 2.82, p < 0.001), especialmente nas mulheres premenopáusicas (OR = 4.98, p < 0.001) e com normopeso (OR = 5.12, p = 0.002); entretanto, não foram observadas diferenças para mesomorfismo e ectomorfismo. As análises apresentaram um elevado padrão meso-endomórfico na população estudada. São necessários novos estudos para confirmar os resultados presentes, obtidos em um país com elevada incidência da enfermidade.

Keywords : Antropometria; Câncer de mama; Epidemiologia; Menopausa; Somatotype.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )