SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue3Association measures in cross-sectional studies with complex sampling: odds ratio and prevalence ratioValidity of studies on the association between soil-transmitted helminths and the incidence of malaria: should it impact health policies? author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

GONCALVES, Valéria Freire; KERR, Lígia Regina Franco Sansigolo; MOTA, Rosa Maria Salani  and  MOTA, João Maurício Araújo. Estimativa de subnotificação de casos de aids em uma capital do Nordeste. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2008, vol.11, n.3, pp. 356-364. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2008000300003.

A subnotificação de casos de Aids representa um dos principais problemas da vigilância epidemiológica da Aids. Este trabalho teve como objetivo conhecer a subnotificação dos casos de Aids em adultos, no município de Fortaleza, nos anos de 2002 e 2003. Estimou-se ainda a subnotificação em dois hospitais de referência, Hospital São José - HSJ e Hospital Geral de Fortaleza - HGF. Utilizou-se o método de captura e recaptura com base nos dados secundários do Sistema de Informação de Agravos de Notificação - Sinan, Sistema de Controle de Exames Laboratoriais - Siscel e Sistema de Informações sobre Mortalidade-SIM. Os três sistemas foram comparados dois a dois e considerados como notificados os casos confirmados no Sinan. Os casos foram emparelhados no Programa RecLink II. Após este processo, foram selecionados os casos elegíveis para aplicação do método de captura e recaptura, com a utilização dos estimadores de Lincoln-Petersen e o de Chapman. A subnotificação estimada para Fortaleza foi de 33,1% e 14,1%, ao se comparar o Sinan com Siscel e SIM, respectivamente. No HSJ e HGF, a subnotificação foi de 5,4% e 90,5% na mesma ordem, comparando o Sinan com o Siscel. Este trabalho demonstrou elevada subnotificação de casos de Aids em Fortaleza. A subnotificação, quando avaliada por fonte, isto é, comparando-se o Siscel com o Sinan, é mais de duas vezes superior àquela estimada quando se compara as fontes SIM com Sinan, o que demonstra ser o Siscel uma importante fonte de notificação de casos de Aids. Portanto, recomenda-se que o Sinan-Aids seja comparado, periodicamente, com todas as fontes de informações disponíveis que possam contribuir para a redução da subnotificação de Aids.

Keywords : Síndrome de Imunodeficiência Adquirida; Epidemiologia; Notificação de doenças; Vigilância epidemiológica; Serviços de vigilância epidemiológica; Sistemas de informação; Técnica de estimativa.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese