SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue3Epidemiological aspects of West Nile FeverFactors associated with malnutrition in children living in food insecurity households author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

CARVALHO, Thiago Caldi de  and  GIANINI, Reinaldo José. Eqüidade no tempo de espera para determinadas cirurgias eletivas segundo o tipo de hospital em Sorocaba, SP. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2008, vol.11, n.3, pp. 473-483. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2008000300014.

INTRODUÇÃO: A eqüidade na atenção à saúde tem sido alvo de grande preocupação, incluindo países em desenvolvimento e desenvolvidos. A eqüidade horizontal, entendida como tratamento igual de indivíduos que se encontram na mesma situação de saúde, tem sido investigada nos diferentes níveis de atenção à saúde. OBJETIVOS: O presente estudo busca verificar se existem disparidades no tempo de espera para cirurgias eletivas (safenectomia, colecistectomia, hemorroidectomia e histerectomia) segundo o tipo de hospital, público ou privado. METODOLOGIA: Realizou-se, em Sorocaba, um estudo transversal com 40 pacientes atendidos por hospital privado e 40 atendidos por hospital público, no período de outubro e novembro de 2005. Além do tempo de espera e tipo de hospital, foram pesquisados sexo, idade, escolaridade, renda, situação conjugal, procedência, tipo de cirurgia realizada e presença de determinadas comorbidades. RESULTADOS: Observou-se um tempo de espera maior nas categorias: hospital público (5,5 meses; p<0,001), baixa escolaridade (3,5 meses; p<0,001), menor renda (Spearman=-0,4426; p<0,001), procedência de outros municípios (2 meses; p=0,009), e cirurgia de safenectomia (5 a 7 meses; p=0,04). Após o ajuste para as variáveis comorbidade, renda, escolaridade ou procedência, o tempo de espera no hospital público se manteve significantemente maior (diferença mínima de 4,93 meses quando ajustada por renda; IC95% 3,4-6,4; p<0,001). CONCLUSÃO: Verifica-se relevante iniqüidade na atenção à saúde relacionada ao tipo de prestador de serviços de saúde.

Keywords : Eqüidade; Tempo de espera; Cirurgia eletiva; Fatores sociais; Atenção à saúde; Políticas de saúde.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese