SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue4Within- and between-person variations as determinant factors to calculate the number of observations to estimate usual dietary intake of adolescentsValidation of a Food Frequency Questionnaire by food groups for the adolescent population author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

ADAMI, Fernando  and  VASCONCELOS, Francisco de Assis Guedes de. Obesidade e maturação sexual precoce em escolares de Florianópolis - SC. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2008, vol.11, n.4, pp. 549-560. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2008000400004.

OBJETIVOS: Investigar a associação entre maturação sexual precoce e obesidade em meninos e meninas de 10 a 14 anos de Florianópolis. MÉTODOS: Participaram do estudo 629 escolares entre 10 e 14 anos (277 meninos e 352 meninas), obtidos de duas escolas públicas e duas escolas privadas da região central do município. Foi utilizado o índice de massa corporal (IMC) para determinação de sobrepeso e obesidade. Os valores de Z escore para IMC, peso e estatura foram determinados de acordo com sexo e idade. Para obtenção dos valores de Z escore, utilizou-se o método LMS. A maturação sexual foi avaliada de acordo com planilha contendo 5 estágios de maturação sexual para cada sexo. Os indivíduos foram agrupados por tercis da idade de acordo com estágio e sexo. O 1º tercil foi considerado como maturação sexual precoce; e o 2º tercil, como grupo de referência. RESULTADOS: As meninas com maturação sexual precoce têm maiores valores de Z escore Peso (²=-0,21, p<0,05), Z escore estatura (²=-0,15, p<0,05) e Z escore IMC (²=-0,3, p<0,05) do que as meninas dos outros grupos. Já os meninos com maturação sexual precoce apresentam maiores valores de Z escore estatura (²=-0,21, p<0,05). As meninas com maturação sexual precoce têm duas vezes mais chances de ter sobrepeso, incluindo obesidade, do que meninas do grupo de referência, com associação significante (p=0,01) Nos meninos, não foi encontrada associação significante (p=0,648). CONCLUSÃO: Os achados deste estudo corroboram aqueles da literatura que afirmam que meninas com maturação sexual precoce têm maiores prevalências de sobrepeso, incluindo obesidade, do que as meninas do grupo de referência. Em relação aos meninos, o presente estudo não encontrou associação entre maturação sexual precoce e obesidade.

Keywords : Obesidade; Maturação sexual; Escolares; Adolescentes.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese