SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 issue3Mapping malaria risk using environmental and anthropic variablesCorrelation and agreement between central obesity indicators and body mass index in adolescents author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

DAVANTEL, Pedro Paulo; PELLOSO, Sandra Marisa; CARVALHO, Maria Dalva de Barros  and  OLIVEIRA, Nelson Luis Batista de. A mulher e o acidente de trânsito: caracterização do evento em Maringá, Paraná. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2009, vol.12, n.3, pp. 355-367. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2009000300006.

Os acidentes de trânsito são atualmente a primeira causa de mortalidade no conjunto de causas externas entre as mulheres. A mulher atual, pelas mudanças em seu papel na sociedade, vem se expondo a novos riscos. Este estudo teve como objetivo caracterizar a mulher envolvida em acidente de trânsito, assim como os eventos. Foi realizado um estudo transversal, com dados secundários obtidos nos Boletins de Ocorrência de Acidente de Trânsito - BOAT, do 4º Batalhão da Polícia Militar de Maringá, Setor de Trânsito. Os dados foram categorizados e analisados por meio de testes não-paramétricos, de correlações (Spearman) e teste de independência entre as variáveis (qui-quadrado). As mulheres envolvidas em acidente de trânsito eram em sua maioria solteiras (34,0%), com idade entre 21 e 30 anos (49,0%), nível de escolaridade acima do ensino médio (58,0%) e predominantemente condutoras (65,0%). Os eventos ocorreram principalmente em dias úteis e nos período da tarde e da noite. As lesões foram mais frequentes em mulheres até os 20 anos e acima dos 51. Maior envolvimento em colisões com automóveis (69,%), com grande proporção de atropelamentos (14,2%), envolveram mulheres acima dos 50 anos e com menor nível de escolaridade. Foram mais atentas ao uso de dispositivos de segurança quando casadas e com maior nível de escolaridade. Estes dados sugerem novo perfil da mulher no trânsito, devendo o acompanhamento destas características e das consequências destes acidentes serem mais constantes em pesquisas, direcionando medidas e campanhas preventivas.

Keywords : Acidentes de trânsito; Saúde da mulher; Prevenção de acidentes; Epidemiologia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese