SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número1Acidentes de trabalho com mototaxistasPrevalência e fatores associados à percepção negativa da saúde em pessoas idosas no Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Page  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Brasileira de Epidemiologia

versão impressa ISSN 1415-790X

Resumo

SILVEIRA, Augusta et al. Oncologia de Cabeça e Pescoço: enquadramento epidemiológico e clínico na avaliação da Qualidade de Vida Relacionada com a Saúde. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2012, vol.15, n.1, pp. 38-48. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2012000100004.

A importância das doenças oncológicas como causa de morbilidade e mortalidade está em crescimento, sendo reconhecido o seu impacto social e peso global pelos custos económicos e sociais envolvidos na sua prevenção, tratamento e reabilitação. As patologias oncológicas de cabeça e pescoço representam um dos seis tumores malignos mais prevalentes em todo o mundo, com um valor estimado de 900.000 novos casos diagnosticados anualmente em escala mundial. Estes doentes oncológicos apresentam deterioração de funções básicas que, quando percepcionadas, têm impacto negativo na sua Qualidade de Vida. Um registo oncológico adequado permite uma análise mais rigorosa dos resultados obtidos na avaliação da Qualidade de Vida Relacionada com a Saúde. Este estudo incluiu 380 doentes oncológicos de cabeça e pescoço e demonstra que as mulheres apresentam resultados de Qualidade de Vida globalmente inferiores. Salienta-se ainda a importância do diagnóstico precoce em oncologia, que se relaciona frequentemente com melhores scores e conclui-se que a localização do tumor tem impacto sobre a autopercepção de Qualidade de Vida. Os valores de Qualidade de Vida Relacionada com a Saúde devem ser interpretados à luz das variáveis sociodemográficas e clínicas, para melhor se avaliar a Patologia Oncológica de Cabeça e Pescoço numa perspectiva epidemiológica no sentido de melhor compreender o processo saúde - doença.

Palavras-chave : Epidemiologia; Oncologia; Doentes Oncológicos de Cabeça e Pescoço; Qualidade de Vida; Patogênese; Prevenção.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português