SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue1Prevalence and characteristics of women with induced abortion - Favela México 70, São Vicente - São PauloPre-pregnancy nutritional status, maternal weight gain, prenatal care, and adverse perinatal outcomes among adolescent mothers author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

CASCAO, Angela Maria; COSTA, Antônio José Leal  and  KALE, Pauline Lorena. Qualidade da informação sobre mortalidade numa coorte de diabéticos - Estado do Rio de Janeiro, 2000 a 2003. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2012, vol.15, n.1, pp. 134-142. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2012000100012.

OBJETIVO: Avaliar a qualidade do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) em uma coorte especial de pacientes hospitalizados pelo Sistema Único de Saúde (SIH-SUS) que sofreram amputação de membros inferiores (AMI) devido ao diabetes mellitus (DM) em 2000, e comparar a mortalidade por causas da coorte com a da base populacional do Estado do Rio de Janeiro (ERJ) de 2000 a 2003. MÉTODOS: Os dados foram gerados a partir do relacionamento entre as bases de dados do SIH-SUS (2000) e do SIM (2000-2003). Foram excluídos os registros de indivíduos com menos de 30 anos e para análise de menção de DM, óbitos por causa básica (CB) não natural. A mortalidade foi analisada segundo causas da coorte especial e da base populacional. Os marcadores de qualidade do SIM na coorte foram a proporção de causas mencionadas de morte por DM e a proporção de CB mal definidas (MD) e, na base populacional, apenas o último. RESULTADOS: 38,0% dos indivíduos da coorte (n = 977) morreram nos quatro anos subsequentes à AMI devido ao DM, sendo que 49,1% desses no primeiro ano. As doenças endócrinas, nutricionais e metabólicas (41,5%), do aparelho circulatório (28,5%) e as causas MD (8,1%) foram as primeiras CB de morte. O DM foi mencionado 41,0% como CB, 1,6% como causa consequencial e 10,0% como contribuinte entre os óbitos pelas demais CB naturais nas declarações de óbito. Na base populacional, a mortalidade proporcional por causas MD foi 11,8% . CONCLUSÃO: O elevado risco de morte, o perfil de causas de morte e a sub-declaração do DM no atestado de óbito dos diabéticos tiveram resultados semelhantes aos de outros estudos de base populacional. A qualidade da certificação das causas de morte preenchidas nas declarações de óbito da coorte especial foi considerada ruim. É necessário um grande investimento para melhorar a qualidade da certificação das causas de mortes com o correto preenchimento do atestado de óbito pelos médicos e da codificação das causas de morte e seleção da CB pelos técnicos dos serviços de saúde. A metodologia desenvolvida neste estudo visando qualificar o SIM (relacionamento de base de dados e causas múltiplas de morte) mostrou-se efetiva e eficiente.

Keywords : Mortalidade; Classificação da causa de morte; Causa múltipla; Qualidade da informação; Internação; Diabetes mellitus.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese