SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número1Estado nutricional pré-gestacional, ganho de peso materno, condições da assistência pré-natal e desfechos perinatais adversos entre puérperas adolescentesViolência intrafamiliar: a experiência dos profissionais de saúde nas Unidades de Saúde da Família de São Joaquim do Monte, Pernambuco índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Page  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Brasileira de Epidemiologia

versão impressa ISSN 1415-790X

Resumo

CAMPOS, Juliana Alvares Duarte Bonini et al. Síndrome de Burnout em graduandos de Odontologia. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2012, vol.15, n.1, pp. 155-165. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2012000100014.

A Síndrome de Burnout caracteriza-se por esgotamento profissional e tem sido relatada em estudantes universitários. O objetivo desse estudo foi estimar a prevalência da Síndrome de Burnout em estudantes de Odontologia de uma universidade pública e sua relação com características sociodemográficas. Todos os estudantes (n = 300) foram convidados a participar. Utilizou-se o Inventário de Burnout de Maslach - versão estudantes (MBI-SS). Realizou-se análise das propriedades psicométricas do MBI-SS. Para comparação entre os escores médios das dimensões do Burnout realizou-se Análise de Variância Multivariada (MANOVA) seguida de Análise de Variância (ANOVA) e testes post-hoc de Tukey. Dos 235 participantes, 72,8% eram mulheres e a média de idade era de 21,0 ± 1,8 anos. O MBI-SS mostrou-se confiável e válido. Dos estudantes, 17,0% apresentaram a Síndrome de Burnout. Verificou-se relação significativa entre a Síndrome de Burnout e o desempenho do estudante no curso (F = 4,433, p < 0,001), o consumo de medicação devido aos estudos (F = 7,721, p < 0,001) e o pensamento de desistir do curso (F = 16,168, p < 0,001). Foram mais acometidos aqueles com desempenho ruim no curso, que consomem medicações devido aos estudos e que já pensaram em desistir do curso. Conclui-se que a prevalência da Síndrome entre os estudantes de Odontologia foi alta, sendo significativa a relação entre a Síndrome e o desempenho do estudante no curso, o consumo de medicação devido aos estudos e o pensamento de desistir do curso.

Palavras-chave : Estudantes; Esgotamento profissional; Odontologia; Saúde Pública.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · pdf em Português | Inglês