SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número2GSTM1, GSTT1, and GSTP1 polymorphisms, breast cancer risk factors and mammographic density in women submitted to breast cancer screening índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Page  

Revista Brasileira de Epidemiologia

versión impresa ISSN 1415-790X

Resumen

SOUZA, Suerda Fortaleza de et al. Depressão em trabalhadores de linhas elétricas de alta tensão. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2012, vol.15, n.2, pp. 235-245. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2012000200001.

OBJETIVO: Investigar a associação entre desequilíbrio esforços-recompensas no trabalho e sintomas depressivos em trabalhadores de linhas elétricas de alta tensão. MÉTODOS: Estudo de corte transversal realizado em 158 trabalhadores de uma empresa de energia elétrica no Nordeste do Brasil. As dimensões do modelo esforço-recompensa (ERI) constituíram as variáveis independentes principais e a variável resposta foi depressão, medida pela escala Center for Epidemiologic Studies Depression (CES-D). Os dados foram analisados com técnicas de regressão logística múltipla. RESULTADOS: Trabalhadores no grupo de baixa recompensa apresentaram prevalência de depressão 6,2 vezes maior em relação àqueles no grupo de alta recompensa. A prevalência de depressão foi 3,3 vezes maior entre os trabalhadores em condição de desequilíbrio esforço-recompensa do que entre aqueles em situação de equilíbrio. CONCLUSÕES: A prevalência de depressão estava fortemente associada às dimensões de esforços e recompensas presentes no trabalho dos eletricitários.

Palabras llave : Saúde Mental; Depressão; Fatores Psicossociais; Saúde do Trabalhador; Abastecimento de Energia.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués | Inglés     · pdf en Inglés | Portugués