SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue3Social capital at work: psychometric analysis of a short scale in Spanish among Mexican health workersAssociation between housework overload and common mental disorders in women author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

BRONHARA, Bruna; FRANCA-JUNIOR, Ivan  and  CONDE, Wolney Lisboa. Orfandade por aids ou por homicídio apresenta efeitos sobre o estado nutricional das crianças?. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2012, vol.15, n.3, pp. 548-559. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2012000300009.

O artigo tem como objetivos avaliar o estado nutricional de órfãos por aids ou homicídios residentes em São Paulo e estimar a associação de índices nutricionais com variáveis relacionadas à orfandade. Trata-se de estudo transversal de base domiciliar que utilizou amostra representativa de 484 indivíduos de 5 a 14 anos que perderam um ou ambos os pais durante os anos de 2000 e 2004 devido à aids ou a homicídio no município de São Paulo. A avaliação nutricional foi feita com o índice de massa corporal-para-idade (IMC) e da altura-para-idade (altura). A associação entre os índices nutricionais e as variáveis relacionadas à orfandade foi estimada em análise hierárquica, com uso de modelo de regressão linear múltiplo. Órfãos por aids ou homicídios diferiram quanto às características da orfandade e à idade média. As condições econômicas, domiciliares, o estado de saúde e o estado nutricional foram semelhantes entre os grupos. O déficit de IMC ocorreu em 1,3% das crianças abaixo de 10 anos e em 2,1% dos adolescentes. O déficit de altura ocorreu em 0,7% das crianças e em 4,0% dos adolescentes. O excesso de peso ocorreu em 19% e 20% das crianças e adolescentes, respectivamente. A análise hierárquica indicou ausência de efeito das variáveis relacionadas à orfandade sobre o IMC ou a altura; o principal determinante do estado nutricional foi de natureza econômica. Os órfãos por aids ou homicídio de São Paulo apresentaram estado nutricional semelhante e majoritariamente influenciado pela situação econômica. O perfil nutricional identificado no grupo, caracterizado pelo excesso de peso, sugere que os órfãos de São Paulo não apresentam riscos adicionais decorrentes da orfandade.

Keywords : Crianças órfãs; Estado nutricional; Antropometria; Homicídio; Síndrome da Imunodeficiência Adquirida.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese