SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue3Association between housework overload and common mental disorders in womenPrevalence and associated factors with alcohol use disorders among adults: a population-based study in southern Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

FERREIRA, Silvana Margarida Benevides; IGNOTTI, Eliane  and  GAMBA, Mônica Antar. Características clínico-laboratoriais no retratamento por recidiva em hanseníase. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2012, vol.15, n.3, pp. 573-581. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2012000300011.

OBJETIVO: Comparar as características clínico-laboratoriais dos doentes de hanseníase durante o tratamento inicial e no retratamento por recidiva diagnosticada em unidades de saúde de referência no Estado de Mato Grosso MÉTODO: Estudo transversal de casos diagnosticados de recidiva em hanseníase em unidades de referência de 2005 a 2007 em cinco municípios do Estado. O tratamento inicial foi considerado t1 e a recidiva t2. Fontes de dados: Sistema de Informação de Agravos de Notificação, prontuários, exames laboratoriais, ficha de notificação individual e de avaliação de incapacidade física. Utilizou-se para a comparação e cálculo de proporções o teste do Qui-quadrado (c2) ao nível de significância de 5%. RESULTADOS: Verificou-se predomínio da forma clínica dimorfa em t2 quando comparada a t1 (39,6% versus 11,3%; p = 0,003); 20,8%, dos casos em recidivas apresentaram índice baciloscópico ≥ 4+ se comparados aqueles em t1 (p = 0,034); aumento (17%) dos casos de recidiva com grau zero de incapacidade quando comparados aos pacientes avaliados no momento do diagnóstico (58,5% versus 41,5%); aumento (7,5%) de recidivas com incapacidades grau 2 quando comparadas a t1 (9,4% versus 1, 9%); predomínio de casos não avaliados quanto a incapacidade física entre t1 (45,3%) e t2 (22,6%); (p = 0,040). CONCLUSÃO: Os casos de recidiva caracterizam o agravamento da doença indicadas pelo aumento do índice baciloscópico e do grau de incapacidade física. Recomenda-se maior atenção à confirmação diagnóstica de recidiva por meio de exames baciloscópicos, em especial nos multibacilares, e da avaliação neurológica sistemática de todos os pacientes de hanseníase.

Keywords : Hanseníase; Recidiva; Epidemiologia; Estudos transversais; Prevenção e Controle; Notificação de Agravos.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese