SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue3Factors associated with nutritional status of 7-10 year-old schoolchildren: sociodemographic variables, dietary and parental nutritional statusPrevalence and risk factors of anemia in children attending daycare centers in Belo Horizonte - MG author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

RODRIGUES, Paulo Rogério Melo et al. Fatores associados a padrões alimentares em adolescentes: um estudo de base escolar em Cuiabá, Mato Grosso. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2012, vol.15, n.3, pp. 662-674. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2012000300019.

OBJETIVO: Identificar padrões alimentares de adolescentes e sua associação com características socioeconômicas, estilo de vida e estado nutricional. MÉTODOS: Investigou-se amostra probabilística de estudantes entre 14 a 19 anos de idade do ensino médio público e privado de Cuiabá/Mato Grosso (n = 1.139). Os dados foram coletados em sala de aula utilizando-se questionário autoaplicado. Para a obtenção de dados de consumo alimentar, aplicou-se questionário de frequência alimentar semiquantitativo. O estado nutricional foi classificado pelo escore z do Índice de Massa Corporal (IMC = peso/estatura2). Para a classificação socioeconômica considerou-se a escolaridade do chefe da família e a presença de bens e equipamentos no domicílio. Os padrões alimentares foram identificados por meio da análise fatorial exploratória (método de extração: análise de componentes principais) e sua associação com as características socioeconômicas, estilo de vida e estado nutricional foi estimada por modelos de regressão linear múltipla mutuamente ajustados para os outros padrões. RESULTADOS: Foram identificados três padrões alimentares: "ocidental", "tradicional" e "misto". Estudar no turno vespertino e consumir bebidas alcoólicas foram associados (p < 0,05) a maior aderência ao padrão "ocidental". Meninos de escolas públicas, com menor poder aquisitivo e IMC na faixa de normalidade aderiam ao padrão "tradicional". O padrão "misto" foi adotado pelos meninos, estudantes de escolas públicas e que relataram prática de atividade física. CONCLUSÃO: Em adolescentes, vários fatores se associam aos padrões alimentares, mas destacamos que o consumo dos alimentos tradicionais da dieta brasileira associou-se ao IMC na faixa de normalidade.

Keywords : Padrões alimentares; Análise fatorial; Nível socioeconômico; Estilo de vida; Estado nutricional; Adolescentes.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese