SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue6O homem e os insetos, passado, presente, futuro author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Rev. Saúde Pública vol.21 n.6 São Paulo Dec. 1987

http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101987000600001 

Cinqüentenário do Laboratório de Entomologia. Encerramento das comemorações

 

 

Oswaldo Paulo Forattini

Editor

 

 

As comemorações do Cinqüentenário do Laboratório de Entomologia do Departamento de Epidemiologia culminaram com a sessão solene da Congregação da Faculdade de Saúde Públicada, levada a efeito no dia 19 de agosto de 1987. A Revista Saúde Pública associou-se à lembrança dessa efeméride dedicando-lhe o volume deste ano, a qual se encerra com o presente fascículo. Por ocasião daquela solenidade, e como conferencista convidado, o Prof. Dr. Paulo de Almeida Machado proferiu a palestra que vai publicada neste número, sob o título "O homem e os insetos, passado, presente e futuro".

Nesta oportunidade é de todo cabível ressaltar que, se meio século se escoou desde a instalação do Laboratório de Entomologia, a tradição que daí se estabeleceu constitui garantia de continuidade para as gerações futuras. Neste momento difícil que nosso país atravessa, os estudos entomológicos básicos foram os alicerces indispensáveis para a solução de problemas relacionados à baixa qualidade da vida das populações economicamente menos favorecidas. Espera-se, pois, que os novos docentes e pesquisadores, presentes e futuros, aos quais caberá a responsabilidade de dar continuidade ao acervo científico que foi constituído até aqui, se imbuam da convicção de que o verdadeiro desenvolvimento de nossa sociedade somente ocorrerá quando o conhecimento de nossa realidade fizer parte real de nossa cultura. Somente então, quando esse objetivo é atingido mercê de perseverança, tenacidade e, acima de tudo, ausência de vaidades personalísticas, ocorre a verdadeira e concreta contribuição da pesquisa à sobrevivência qualitativamente digna do ser humano.

Ao encerrar suas homenagens, a Revista de Saúde Pública não pode deixar de expressar a ter-se sentido honrada em poder prestar sua modesta, porém significativa colaboração. Modesta e significante como sempre o são as atitudes verdadeiras.