SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue2Dicionário geológico-geromorfológicoCompêndio de defensivos agrícola author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Cad. Saúde Pública vol.10 n.2 Rio de Janeiro Apr./Jun. 1994

http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X1994000200016 

RESENHA/REVIEW

 

 

Gilberto Kac

Escola Nacional de Saúde Pública; Fundação Oswaldo Cruz

 

 

Avaliação Nutricional de Coletividade: Texto de Apoio Didático. Francisco A. G. de Vasconcelos Florianópolis: Editora da universidade Federal de Santa Catarina, 1993. 154 p., figs., tabelas, biblio.

A recente publicação de livros como Community Nutricional Assessment (D. Jelliffe & E. Jelliffe, 1989, Oxford University Press) e Principles of Nutritional Assessment (R. Gibson, 1991, Oxford University Press) trazem, sem dúvida, inestimável contribuição à literatura internacional sobre avaliação nutricional. Ambos atestam a fundamental importância que o tema representa hoje para o campo da Saúde Pública, sendo consideradas pelos especialistas fontes de consulta obrigatórias.

Recentemente publicado no Brasil, o livro de Francisco Vasconcelos aborda, sob uma perspectiva essencialmente pedagógica, os diversos métodos de diagnóstico nutricional de grupos populacionais. Inclui dentre seus objetivos a possibilidade de uma melhor instrumentação teórica-prática de alunos de graduação em Nutrição, nutricionistas e outros profissionais de saúde preocupados com a superação de um dos maiores flagelos da humanidade contemporânea — a desnutrição e a fome.

Dividido em nove capítulos, o autor trabalha os principais conceitos, significados, limitações e operacionalização dos conhecimentos básicos da avaliação nutricional de coletividade. Ainda que Avaliação Nutricional de Coletividade não se proponha a ser um tratado como os dois volumes acima mencionados, traz ao acervo bibliográfico nacional sobre a temática um texto atualizado, bem-documentado, claro e objetivo.

No capítulo I, o autor introduz questões básicas ao estudo dos indicadores do estudo nutricional, visando subsidiar o leitor na identificação das dimensões biológica e social inerentes à questão. Estas dimensões expressam-se sob a perspectiva biológica individual — enquanto produto da relação consumo/necessidades — e sob a perspectiva social, exem-plificada pela identificação e análise dos determinantes da organização social.

Respondendo por aproximadamente metade do livro (capítulos II a V), a avaliação através de parâmetros antropométricos, principal metodologia de diagnóstico nutricional a nível comunitário, é abordada em sua complexidade sem no entanto perder a direcionalidade para o público ao qual se destina. No capítulo II, são identificadas as principais medidas e indicadores antropométricos, sua relevância e, por último, a operacionalização e as vantagens e desvantagens das principais classificações do estado nutricional. O capítulo III apresenta o aparato estatístico básico que é utilizado em avaliação nutricional. os dois últimos (capítulos IV e V) abordam questões como população de composição corporal. Trazem também alguma discussão sobre indicadores antropo-métricos para avaliação de adultos e gestantes.

Os capítulos restantes tratam dos demais procedimentos diagnósticos, quais sejam: clínicos e laboratoriais (capítulo VI); demográficos (capítulo VII); consumo alimentar (capítulo VII) e sócio-econômico e culturais (capítulo IX). A abordagem destes tópicos, feita com propriedade, coloca o leitor em contato com meto-dologias e conceitos complementares necessários a um melhor entendimento do tema.

Os diversos capítulos dão ao leitor uma dimensão global das principais abordagens empregadas em avaliação nutricional, ficando, portanto, à disposição de todos aqueles dedicados ao assunto uma interessante contribuição.