SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 issue4Trends in hospital care author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • Have no similar articlesSimilars in SciELO

Share


Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Ciênc. saúde coletiva vol.12 n.4 Rio de Janeiro Jul./Aug. 2007

http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232007000400001 

EDITORIAL EDITORIAL

 

Situação e desafios do sistema hospitalar brasileiro

 

 

A atenção prestada pelo sistema hospitalar no Brasil é parte importante do Sistema do Sistema Único de Saúde/SUS e do Sistema de Saúde Suplementar, concentrando grande parte dos recursos financeiros, materiais e humanos e sendo responsável pelo atendimento de necessidades de saúde e demandas específicas, de grande visibilidade política e social. Os cidadãos brasileiros percebem melhor as carências na assistência hospitalar que em outras modalidades assistenciais, pois depositam nela seus desejos e expectativas em momentos de grande aflição.

A expansão da atenção ambulatorial, básica, de média e alta complexidade, as contínuas transformações quantitativas e qualitativas nos procedimentos diagnósticos e terapêuticos, as alterações no perfil demográfico, epidemiológico, social, econômico e cultural da população são fatores importantes nas mudanças observadas nos modelos tecno-assistenciais e de financiamento dos hospitais. Essas mudanças têm provocado crises e instabilidades nos serviços, hospitalares e não-hospitalares, nos sistemas de saúde como um todo e na opinião pública. Mostra-se importante e urgente aprofundar a compreensão sobre a natureza complexa da crise e as alternativas propostas para o enfrentamento dos desafios existentes.

O tema da assistência hospitalar comporta múltiplas aproximações e abordagens. A concepção que orientou esse número especial foi apresentar textos tendo como autores profissionais que, na sua maioria, têm ou tiveram participação na gestão hospitalar, em diferentes níveis, e nos diferentes setores. Ao apresentar a sua visão das especificidades da gestão pública e da gestão privada, serviços universitários, parcerias público-privadas, financiamento público e produção das informações hospitalares, buscou-se complementar a produção sobre a temática na área da Saúde Coletiva.

Não se trata de defender uma maior importância da assistência hospitalar, em detrimento da atenção primária/ambulatorial, mas de propor uma melhor integração/interação entre os diferentes níveis e atores dos sistemas de saúde, que otimize as suas respectivas competências, na construção de um sistema verdadeiramente capaz de atender de maneira cada vez mais adequada as necessidades da população e da sociedade como um todo.

O texto para debate faz um mapeamento exaustivo das questões que compõem o cenário atual (2007) sobre o sistema hospitalar no Brasil, complementado pelos debatedores. Buscou-se incluir como artigos textos com abordagens, recortes e aproximações temáticas distintas, para aprofundar aspectos relevantes, polêmicos ou pouco conhecidos.

Agradecemos aos editores da Ciência & Saúde Coletiva a oportunidade para a realização desse empreendimento, a todos os autores, as suas valiosas contribuições e esperamos que esse número especial sobre o sistema hospitalar possa contribuir, ao ser apropriado pelo universo variado de leitores da revista, para o desenvolvimento de perspectivas e propostas inovadoras para o sistema hospitalar no Brasil.

 

Ana Maria Malik, Hillegonda Maria Dutilh Novaes
Editores convidados