SciELO - Scientific Electronic Library Online

SciELO - Scientific Electronic Library Online

Article References

VILLELA, Lenice de Castro Mendes et al. Utilização da imprensa escrita na qualificação das causas externas de morte. Rev. Saúde Pública [online]. 2012, vol.46, n.4, pp. 730-736.  Epub June 19, 2012. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102012005000041.

    1. Baullinger J, Quan L, Bennett E, Cummings P, Williams K. Use of Washington State newspapers for submersion injury surveillance. Inj Prev. 2001;7(4):339-42. DOI:10.1136/ip.7.4.339 [ Links ]

    2. Drummond Jr M, Lira MTA, Freitas M, Nitrini TMV, Shibao K. Avaliação da qualidade das informações de mortalidade por acidentes não especificados e eventos com intenção indeterminada. Rev Saude Publica. 1999;33(3):273-80. DOI:10.1590/S0034-89101999000300008 [ Links ]

    3. Kucinski B. Jornalismo, saúde e cidadania. Interface (Botucatu). 2000;4(6):181-6. DOI:10.1590/S1414-32832000000100025 [ Links ]

    4. Landis JR, Koch GG. The measurement of observer agreement for categorical data. Biometrics. 1977;33(1):159-74. DOI:10.2307/2529310 [ Links ]

    5. Laurenti R, Mello Jorge MHP, Gotlieb SLD. Informação em mortalidade: o uso das regras internacionais para a seleção da causa básica. Rev Bras Epidemiol. 2009;12(2):195-203. DOI:10.1590/S1415-790X2009000200009 [ Links ]

    6. Laurenti R, Mello Jorge MHP, Gotlieb SLD. O Sistema de Informações sobre Mortalidade: passado, presente e futuro. São Paulo: Centro Brasileiro de Classificação de Doenças; 2006. (Série Divulgação, 11). [ Links ]

    7. Lozada EMK, Mathias TAF, Andrade SM, Aidar T. Informações sobre mortalidade por causas externas e eventos de intenção indeterminada, Paraná, Brasil, 1979 a 2005. Cad Saude Publica. 2009;25(1):223-8. DOI:10.1590/S0102-311X2009000100024 [ Links ]

    8. Matos SG, Proieitti FA, Barata RCB. Confiabilidade da informação sobre mortalidade por violência em Belo Horizonte, MG. Rev Saude Publica. 2007;41(1):76-84. DOI:10.1590/S0034-89102007000100011 [ Links ]

    9. Mello Jorge MHP, Cascão AM, Silva RC. Acidentes e violências: um guia para o aprimoramento da qualidade de sua informação. São Paulo: Centro da OMS para a Classificação de Doenças em Português; 2003. (Série Divulgação, 10). [ Links ]

    10. Mello Jorge MHP, Gawryszewki VP, Latorre MRDO. Análise dos dados de mortalidade. Rev Saude Publica. 1997;31(Supl 4):5-25. DOI:10.1590/S0034-89101997000500002 [ Links ]

    11. Mello Jorge MHP, Laurenti R, Gotlieb SLD. Análise da qualidade das estatísticas vitais brasileiras: a experiência da implantação do SIM e do SINASC. Cienc Saude Coletiva. 2007;12(3):643-54. DOI:10.1590/S1413-81232007000300014 [ Links ]

    12. Mello Jorge MHP, Laurenti R, Di Nubila HBV. O óbito e sua investigação: reflexões sobre alguns aspectos relevantes. Rev Bras Epidemiol. 2010;13(4):561-76. DOI:10.1590/S1415-790X2010000400002 [ Links ]

    13. Organização Mundial da Saúde. CID-10/ Organização Mundial da Saúde. 2 ed. São Paulo: Edusp; 1994. [ Links ]

    14. Santo AH. Causas mal definidas de morte e óbitos sem assistência. Rev Assoc Med Bras. 2008;54(1):23-8. DOI:10.1590/S0104-42302008000100016 [ Links ]

    15. Souza ER, Lima MLC. Panorama da violência urbana no Brasil e suas capitais. Cienc Saude Coletiva. 2006;11(Supl):1211-22. DOI:10.1590/S1413-81232006000500011 [ Links ]

    16. Souza NSS, Portinho BG, Barreiros MF. Acidentes de trabalho com óbito registrados em jornais no estado da Bahia. Rev Baiana Saude Publica. 2006;30(1):77-89. [ Links ]