SciELO - Scientific Electronic Library Online

SciELO - Scientific Electronic Library Online

Article References

JUNQUEIRA, Rozania Maria Pereira  and  DUARTE, Elisabeth Carmen. Internações hospitalares por causas sensíveis à atenção primária no Distrito Federal, 2008. Rev. Saúde Pública [online]. 2012, vol.46, n.5, pp. 761-768. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102012000500001.

    1. Alfradique ME, Bonolo PF, Dourado I, Lima-Costa MF, Macinko J, Mendonça CS, et al. Internações por condições sensíveis à atenção primária: a construção da lista brasileira como ferramenta para medir o sistema de saúde (Projeto ICSAP - Brasil). Cad Saude Publica. 2009;25(6):1337-49. DOI:10.1590/S0102-311X2009000600016 [ Links ]

    2. Caminal H J, Matutano CC. La evaluación de la atención primaria y las hospitalizaciones por ambulatory care sensitive conditions. Marco conceptual. Atenc Primaria. 2003;31(1):61-5. [ Links ]

    3. Caminal J, Starfield B, Sanchez E, Casanova C, Morales M. The role of primary care in preventing ambulatory care sensitive conditions. Eur J Public Health. 2004;14(3):246-51. DOI:10.1093/eurpub/14.3.246 [ Links ]

    4. Casanova J, Colomer C, Starfield B. Pediatric Hospitalization due to ambulatory care-sensitive conditions in Valencia (Spain). Int J Qual Health Care. 1996;8(1):51-9. DOI:10.1093/intqhc/8.1.51 [ Links ]

    5. Elias E, Magajewski F. A atenção primária à saúde no Sul de Santa Catarina: uma análise das internações por condições sensíveis à atenção ambulatorial, no período de 1999 a 2004. Rev Bras Epidemiol. 2008;11(4):633-47. DOI:10.1590/S1415-790X2008000400011 [ Links ]

    6. Gerhardt TE. Itinerários terapêuticos em situação de pobreza: diversidade e pluralidade. Cad Saude Publica. 2006;22(11):2449-63. DOI:10.1590/S0102-311X2006001100019 [ Links ]

    7. Moreno AB, Caetano R, Coeli CM, Ribeiro LC, Teixeira MTB, Camargo KR, et al. Internações hospitalares por condições sensíveis à atenção ambulatorial: algoritmo de captura em registro integrado de saúde. Cad Saude Coletiva. 2009;17(2):409-16. [ Links ]

    8. Nedel FB, Facchini LA, Martin M, Navarro A. Características da atenção básica associadas ao risco de internar por condições sensíveis à atenção primária: revisão sistemática de literatura. Epidemiol Serv Saude. 2010;19(1):61-75. DOI:10.5123/S1679-49742010000100008. [ Links ]

    9. Nedel FB, Facchini LA, Martin M, Vieira LAS, Thumé E. Programa Saúde da Família e condições sensíveis à atenção primária, Bagé (RS). Rev Saude Publica. 2008;42(6):1041-52. DOI:10.1590/S0034-89102008000600010 [ Links ]

    10. Pires MRGM, Göttens LBD, Martins CMF, Guilhem D, Alves ED. Oferta e demanda por média complexidade - SUS: relação com atenção básica. Cienc Saude Coletiva. 2010;15(Supl1):1009-19. DOI:10.1590/S1413-81232010000700007 [ Links ]

    11. Veras CMT, Martins MS. A confiabilidade dos dados nos formulários de autorização de internação hospitalar (AIH), Rio de Janeiro, Brasil. Cad Saude Coletiva. 1994;10(3):339-55. DOI:10.1590/S0102-311X1994000300014 [ Links ]

    12. Viacava F, Almeida C, Caetano R, Fausto M, Macinko J, Martins M, et al. Uma metodologia de avaliação do desempenho do sistema de saúde brasileiro. Cienc Saude Coletiva. 2004;9(3):711-24. DOI:10.1590/S1413-81232004000300021 [ Links ]

    13. Victora CG, Barros FC, Tomasi E, Ferreira FS, MacAuliffe J, Silva AC, et al. A saúde das crianças dos estados do Ceará, Rio Grande do Norte e Sergipe, Brasil: descrição de uma metodologia para diagnósticos comunitários. Rev Saude Publica. 1991;25(3):218-25. DOI:10.1590/S0034-89101991000300009 [ Links ]