SciELO - Scientific Electronic Library Online

SciELO - Scientific Electronic Library Online

Article References

SCHIMITH, Maria Denise  and  LIMA, Maria Alice Dias da Silva. Acolhimento e vínculo em uma equipe do Programa Saúde da Família. Cad. Saúde Pública [online]. 2004, vol.20, n.6, pp. 1487-1494. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2004000600005.

    1. Merhy EE, Chakkour M, Stéfano E, Santos CM, Rodrigues RA, Oliveira PCP. Em busca de ferramentas analisadoras das tecnologias em saúde: a informação e o dia-a-dia de um serviço, interrogando e gerindo trabalho em saúde. In: Merhy EE, Onocko R, organizadores. Agir em saúde: um desafio para o público. São Paulo: Editora Hucitec; 1997. p. 113-50. [ Links ]

    2. Campos GWS. Considerações sobre a arte e a ciência da mudança: revolução das coisas e reforma das pessoas. O caso da saúde. In: Cecilio LCO, organizador. Inventando a mudança na saúde. 2 Ed. São Paulo: Editora Hucitec; 1997. p. 29-87. [ Links ]

    3. Carvalho SR, Campos GWS. Modelos de atenção à saúde: a organização de equipes de referência na rede básica da Secretaria Municipal de Saúde de Betim, Minas Gerais. Cad Saúde Pública 2000; 16:507-15. [ Links ]

    4. Ramos DD, Lima MADS. Acesso e acolhimento aos usuários em uma unidade de saúde de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. Cad Saúde Pública 2003; 19:27-34. [ Links ]

    5. Bueno WS, Merhy EE. Os equívocos da NOB 96: uma proposta em sintonia com os projetos neoliberalizantes? http://www.datasus.gov.br/cns/ temas/NOB96/NOB96crit.htm (acessado em 14/ Fev/2002). [ Links ]

    6. Matumoto S. O acolhimento: um estudo sobre seus componentes e sua produção em uma unidade da rede básica de serviços de saúde [Dissertação de Mestrado]. Ribeirão Preto: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo; 1998. [ Links ]

    7. Merhy EE. Em busca da qualidade dos serviços de saúde: os serviços de porta aberta para a saúde e o modelo tecno-assistencial em defesa da vida (ou como aproveitar os ruídos do cotidiano dos serviços de saúde e colegiadamente organizar o processo de trabalho na busca da qualidade das ações de saúde.) In: Cecilio LCO, organizador. Inventando a mudança na saúde. 2 Ed. São Paulo: Editora Hucitec; 1997. p. 117-60. [ Links ]

    8. Merhy EE. Em busca do tempo perdido: a micropolítica do trabalho vivo em ato. In: Merhy EE, Onocko R, organizadores. Agir em saúde: um desafio para o público. São Paulo: Editora Hucitec; 1997. p. 71-112. [ Links ]

    9. Secretaria de Assistência à Saúde, Ministério da Saúde. Saúde da Família: uma estratégia para a reorientação do modelo assistencial. Brasília: Secretaria de Assistência à Saúde, Ministério da Saúde; 1997. [ Links ]

    10. Minayo MCS, organizador. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 7 Ed. Petrópolis: Editora Vozes; 1997. [ Links ]

    11. Triviños ANS. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Editora Atlas; 1987. [ Links ]

    12. Minayo MCS. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 3 Ed. São Paulo/Rio de Janeiro: Editora Hucitec; 1994. [ Links ]

    13. Goldim JR. Pesquisa em saúde: leis, normas e diretrizes. 2 Ed. Porto Alegre: Hospital das Clínicas de Porto Alegre; 2000. [ Links ]

    14. Almeida MCP, Mishima SM, Silva EM, Mello DF. O trabalho de enfermagem e sua articulação com o processo de trabalho em saúde coletiva – rede básica de saúde. In: Almeida MCP, Rocha SMM, organizadores. O trabalho de enfermagem. 1 Ed. São Paulo: Cortez Editora; 1997. p. 61-112. [ Links ]

    15. Teixeira RA, Mishima SM. Perfil dos trabalhadores no Programa Saúde da Família. Rev Bras Enferm 2000; 53:386-400. [ Links ]

    16. Cecilio LCO. Modelos tecno-assistenciais em saúde: da pirâmide ao círculo, uma possibilidade a ser explorada. Cad Saúde Pública 1997; 13:469-78. [ Links ]

    17. Campos GWS. Subjetividade e administração de pessoal: considerações sobre modos de gerenciar o trabalho em equipes de saúde. In: Merhy EE, Onocko R, organizadores. Agir em saúde: um desafio para o público São Paulo: Editora Hucitec; 1997. p. 229-66. [ Links ]

    18. Teixeira RR. Agenciamentos tecnosemiológicos e produção de subjetividade: contribuição para o debate sobre a trans-formação do sujeito na saúde. Ciênc Saúde Coletiva 2001; 6:49-61. [ Links ]

    19. Silva Jr. AG. Modelos tecnoassistenciais em saúde: o debate no campo da Saúde Coletiva. São Paulo: Editora Hucitec; 1998. [ Links ]

    20. Malta DC, Ferreira LM, Reis AT, Merhy EE. Mudando o processo de trabalho na rede pública: alguns resultados da experiência em Belo Horizonte. Saúde Debate 2000; 24:21-34. [ Links ]

    21. Denti IA. Serviços de saúde: reestruturação. Erechim: EdiAPES; 2001. [ Links ]

    22. Matumoto S, Mishima SM, Pinto IC. Saúde coletiva: um desafio para enfermagem. Cad Saúde Pública 2001; 17:233-41. [ Links ]

    23. Franco TB, Bueno WS, Merhy EE. O acolhimento e os processos de trabalho em saúde: o caso de Betim, Minas Gerais, Brasil. Cad Saúde Pública 1999; 15:345-53. [ Links ]

    24. Pitta AMF. A equação humana no cuidado à doença: o doente, seu cuidador e as organizações de saúde. Saúde Soc 1996; 5:35-60. [ Links ]

    25. Cecilio LCO. As necessidades de saúde como conceito estruturante na luta pela integralidade e eqüidade na atenção em saúde. In: Pinheiro R, Mattos RA, organizadores. Os sentidos da integralidade na atenção e no cuidado à saúde. Rio de Janeiro: Instituto de Medicina Social, Universidade do Estado do Rio de Janeiro/ABRASCO; 2001. p. 113-26. [ Links ]

    26. Dussault G. A gestão dos serviços públicos de saúde: características e exigências. Revista de Administração Pública 1992; 26:8-19. [ Links ]

    27. Franco TB, Merhy EE. PSF: contradições de um programa destinado à mudança do modelo assistencial. In: Mehy EE, Magalhães Jr. HM, Rimoli J, Franco TB, Bueno WS, organizadores. O trabalho em saúde: olhando e experienciando o SUS no cotidiano. São Paulo: Editora Hucitec; 2003. p. 55-124. [ Links ]

    28. Soares LT. As atuais políticas de saúde: os riscos do desmonte neoliberal. Rev Bras Enferm 2000; 53 Suppl:17-24. [ Links ]

    29. Campos GWS. A saúde pública e a defesa da vida. 2 Ed. São Paulo: Editora Hucitec; 1994. [ Links ]

    30. Bosi MLM, Affonso KC. Cidadania, participação popular e saúde: com a palavra, os usuários da Rede Pública de Serviços. Cad Saúde Pública 1998; 14:355-65. [ Links ]