SciELO - Scientific Electronic Library Online

SciELO - Scientific Electronic Library Online

Article References

BASTOS, Tássia Fraga; ALVES, Maria Cecília Goi Porto; BARROS, Marilisa Berti de Azevedo  and  CESAR, Chester Luiz Galvão. Men's health: a population-based study on social inequalities. Cad. Saúde Pública [online]. 2012, vol.28, n.11, pp. 2133-2142. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2012001100013.

    1. Braz M. A construção da subjetividade masculina e seu impacto sobre a saúde do homem: reflexão bioética sobre justiça distributiva. Ciênc Saúde Coletiva 2005; 10:97-104. [ Links ]

    2. Laurenti R, Jorge MHPM, Goltlieb SLD. Perfil epidemiológico da morbi-mortalidade masculina. Ciênc Saúde Coletiva 2005; 10:35-46. [ Links ]

    3. Secretaria Municipal de Saúde. Mortalidade em Campinas: informe do projeto de monitorização dos óbitos no município de Campinas. (Boletim n. 42, julho a dezembro de 2007, Mortalidade e Gênero). http://www.fcm.unicamp.br/centros/ccas/arquivos/bo42.pdf (accessed on 10/Jun/2011). [ Links ]

    4. Sala A, Mendes JDV. Perfil da mortalidade masculina no Estado de São Paulo. Boletim Epidemiológico Paulista 2010; 7:15-25. [ Links ]

    5. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Aspectos demográficos. In: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, organizador. Síntese de indicadores sociais: uma análise das condições de vida da população brasileira. Rio de Janeiro: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística; 2010. p. 27-44. [ Links ]

    6. Verbrugge LM, Wingard DL. Sex differentials in health and mortality. Women Health 1987; 12: 103-45. [ Links ]

    7. Ministério da Saúde. Portaria n. 1944, de 27 de agosto de 2009. Institui no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem. Diário Oficial da União 2009; 28 ago. [ Links ]

    8. Courtenay WH. Constructions of masculinity and their influence on men's well-being: a theory of gender and health. Soc Sci Med 2000; 50:1385-401. [ Links ]

    9. Gomes R, Nascimento EF. A produção do conhecimento da saúde pública sobre a relação homem-saúde: uma revisão bibliográfica. Cad Saúde Pública 2006; 22:901-11. [ Links ]

    10. Louvison MCP, Lebrão ML, Duarte YAO, Laurenti R. Desigualdades nas condições de saúde e no uso de serviços de saúde entre as pessoas idosas do município de São Paulo: uma análise de gênero e renda. Saúde Coletiva 2008; 5:189-94. [ Links ]

    11. Muntaner C, Borrell C, Benach J, Pasarín MI, Fernandez E. The associations of social class and social stratification with patterns of general and mental health in a Spanish population. Int J Epidemiol 2003; 32:950-8. [ Links ]

    12. Arber S. Comparing inequalities in women's and men's health: Britain in the 1990's. Soc Sci Med 1997; 44:773-87. [ Links ]

    13. Alves MCGP. ISA-Campinas 2008/09: plano de amostragem http://www.fcm.unicamp.br/centros/ccas/arquivos/plano_de_amostragem.pdf (accessed on 29/Mar/2012). [ Links ]

    14. Barbor TE, La Fuente JR, Saunders J, Grant M. AUDIT – the alcohol use disorders identification test: guidelines for use in primary health care. Geneva: World Health Organization; 1992. [ Links ]

    15. World Health Organization. Obesity: preventing and managing the global epidemic. Geneva: World Health Organization; 2000. (WHO Technical Report Series, 894). [ Links ]

    16. Mari JJ, Williams P. A validity study of a psychiatric screening questionnaire (SRQ-20) in primary care in the city of Sao Paulo. Br J Psychiatry 1986; 148:23-6. [ Links ]

    17. Barros MBA, Marín-León L, Oliveira HB, Dalgalarrondo P, Botega NJ. Perfil do consumo de bebidas alcoólicas: diferenças sociais e demográficas no Município de Campinas, Estado de São Paulo, Brasil, 2003. Epidemiol Serv Saúde 2008; 17:259-70. [ Links ]

    18. Lima-Costa MF. A escolaridade afeta, igualmente, comportamentos prejudiciais à saúde de idosos e adultos mais jovens? Inquérito de Saúde da Região Metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Epidemiol Serv Saúde 2004; 13:201-8. [ Links ]

    19. Malyutina S, Bobak M, Kurilovitch D, Nikitin Y, Marmot M. Trends in alcohol intake by education and marital status in urban population in Russia between the mid 1980s and the mid 1990s. Alcohol Alcohol 2004; 39:64-9. [ Links ]

    20. Barros MBA, Botega NJ, Dalgalarrondo P, Marín-León L, Oliveira HB. Prevalence of alcohol abuse and associated factors in a population-based study. Rev Saúde Pública 2007; 41:502-9. [ Links ]

    21. Guimarães VV, Florindo AA, Stopa SR, César CLG, Barros MBA, Carandina L, et al. Consumo abusivo e dependência de álcool em população adulta no Estado de São Paulo, Brasil. Rev Bras Epidemiol 2010; 13:314-25. [ Links ]

    22. Mendoza-Sassi RA, Beria JU. Prevalence of alcohol use disorders and associated factors: a population-based study using AUDIT in southern Brazil. Addiction 2003; 98:799-804. [ Links ]

    23. Barros MBA, Francisco PMSB, Lima MG, César CLG. Social inequalities in health among the elderly. Cad Saúde Pública 2011; 27 Suppl 2:S198-208. [ Links ]

    24. Silva GA, Valente JG, Almeida LM, Moura EC, Malta DC. Tabagismo e escolaridade no Brasil, 2006. Rev Saúde Pública 2009; 43 Suppl 2:48-56. [ Links ]

    25. Federico B, Costa G, Kunst AE. Educational inequalities in initiation, cessation, and prevalence of smoking among 3 Italian birth cohorts. Am J Public Health 2007; 97:838-45. [ Links ]

    26. Malta DC, Moura EC, Silva SA, Oliveira PPV, Silva VLC. Prevalência do tabagismo em adultos residentes nas capitais dos estados e no Distrito Federal, Brasil, 2008. J Bras Pneumol 2010; 36:75-83. [ Links ]

    27. Moura EC, Silva SA, Malta DC, Morais Neto OL. Fatores de risco e proteção para doenças crônicas: vigilância por meio de inquérito telefônico, VIGITEL, Brasil, 2007. Cad Saúde Pública 2011; 27: 486-96. [ Links ]

    28. Zanchetta LM, Barros MBA, César CLG, Carandina L, Goldbaum M, Alves MCGP. Inatividade física e fatores associados em adultos, São Paulo, Brasil. Rev Bras Epidemiol 2010; 13:387-99. [ Links ]

    29. Jaime PC, Monteiro CA. Fruit and vegetable intake by Brazilian adults, 2003. Cad Saúde Pública 2005; 21 Suppl:S19-24. [ Links ]

    30. Figueiredo ICR, Jaime PC, Monteiro CA. Factors associated with fruit and vegetable intake among adults of the city of São Paulo, Southeastern Brazil. Rev Saúde Pública 2008; 42:777-85. [ Links ]

    31. Dachs JNW. Determinantes das desigualdades na auto-avaliação do estado de saúde no Brasil. Ciênc Saúde Coletiva 2002; 7:641-57. [ Links ]

    32. Barros MBA, Zanchetta LM, Moura EC, Malta DC. Auto-avaliação da saúde e fatores associados, Brasil, 2006. Rev Saúde Pública 2009; 43 Suppl 2: 27-37. [ Links ]

    33. Peres MA, Masiero AV, Longo GZ, Rocha GC, Matos IB, Najnie K, et al. Auto-avaliação da saúde em adultos no Sul do Brasil. Rev Saúde Pública 2010; 44:901-11. [ Links ]

    34. Barros MBA, Francisco PMSB, Zanchetta LM, César CLG. Tendência das desigualdades sociais na prevalência de doenças crônicas no Brasil, PNAD: 2003-2008. Ciênc Saúde Coletiva 2011; 16:3755-68. [ Links ]

    35. Barreto SM, Figueiredo RC. Doença crônica, auto-avaliação de saúde e comportamento de risco: diferença de gênero. Rev Saúde Pública 2009; 43 Suppl 2:38-47. [ Links ]

    36. Macintyre S, Der G, Norrie J. Are there socioeconomic differences in responses to a commonly used self report measure of chronic illness? Int J Epidemiol 2005; 34:1284-90. [ Links ]

    37. Westert GP, Schellevis FG, de Bakker DH, Groenewegen PP, Bensing JM, van der Zee J. Monitoring health inequalities through general practice: the second Dutch National Survey of General Practice. Eur J Public Health 2005; 15:59-65. [ Links ]

    38. Lima-Costa MF, Barreto S, Giatti L. A situação socioeconômica afeta igualmente a saúde de idosos e adultos mais jovens no Brasil? Um estudo utilizando dados da Pesquisa Nacional por Amostras de Domicílios – PNAD/98. Ciênc Saúde Coletiva 2002; 7:813-24. [ Links ]

    39. Grebla RC, Rodriguez CJ, Borrell LN, Pickering TG. Prevalence and determinants of isolated systolic hypertension among young adults: the 1999-2004 U.S. National Health and Nutrition Examination Survey. J Hypertens 2010; 28:15-23. [ Links ]

    40. Delpierre C, Lauwers-Cances V, Datta GD, Berkman L, Lang T. Impact of social position on the effect of cardiovascular risk factors on self-rated health. Am J Public Health 2009; 99:1278-84. [ Links ]

    41. Rabiais S, Nogueira PJ, Falcão JM. A dor na população portuguesa: alguns aspectos epidemiológicos (2002). http://www.doentescomcancro.org/uhdc/pdfs/EstudoDorPopulacaoPortuguesa.pdf (accessed on 18/Sep/2011). [ Links ]

    42. Silva MC, Fassa AG, Valle NCJ. Dor lombar crônica em uma população adulta do Sul do Brasil: prevalência e fatores associados. Cad Saúde Pública 2004; 20:377-85. [ Links ]

    43. Vogt M. Prevalência e severidade da dor, cervical e lombar, nos servidores técnico-administrativos da Universidade Federal de Santa Maria [Dissertação de Mestrado]. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina; 2000. [ Links ]

    44. Castro SS, César CLG, Carandina L, Barros MBA, Alves MCGP, Goldbaum M. Deficiência visual, auditiva e física: prevalência e fatores associados em estudo de base populacional. Cad Saúde Pública 2008; 24:1773-82. [ Links ]

    45. Rysculova A, Turczyn K, Makuc DM, Cotch MF, Klein RJ, Janiszewski R. Self-reported age-related eye diseases and visual impairment in the United States: results of the 2002 National Health Interview Survey. Am J Public Health 2008; 98:454-61. [ Links ]

    46. Hung HC, Colditz G, Joshipura KJ. The association between tooth loss and the self-reported intake of selected CVD-related nutrients and foods among US women. Community Dent Oral Epidemiol 2005; 33:167-73. [ Links ]

    47. Araújo CS, Lima RC, Peres MA, Barros AJD. Utilização de serviços odontológicos e fatores associados: um estudo de base populacional no Sul do Brasil. Cad Saúde Pública 2009; 25:1063-72. [ Links ]

    48. Baldani MH, Brito WH, Lawder JAC, Mendes YBE, Silva FFM, Antunes JLF. Determinantes individuais da utilização de serviços odontológicos por adultos e idosos de baixa renda. Rev Bras Epidemiol 2010; 13:150-62. [ Links ]

    49. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Um panorama da saúde no Brasil: acesso e utilização dos serviços de saúde, condições de saúde e fatores de risco e proteção à saúde, 2008. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – PNAD 2008. Rio de Janeiro: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística; 2010. [ Links ]

    50. Gilbert HG. Access to and patterns of use of oral health care among elderly veterans. Med Care 1995; 33:78-89. [ Links ]

    51. Moreira RS, Nico LS, Tomita NE, Ruiz T. A saúde bucal do idoso brasileiro: revisão sistemática sobre o quadro epidemiológico e acesso aos serviços de saúde bucal. Cad Saúde Pública 2005; 21:1665-75. [ Links ]

    52. Departamento de Ações Programáticas e Estratégicas, Secretaria de Atenção à Saúde, Ministério da Saúde. Plano de Ação Nacional 2009-2011 da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem. Brasília: Ministério da Saúde; 2009. [ Links ]