SciELO - Scientific Electronic Library Online

SciELO - Scientific Electronic Library Online

Article References

SCHRAIBER, Lilia Blima. Necessidades de saúde, políticas públicas e gênero: a perspectiva das práticas profissionais. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2012, vol.17, n.10, pp. 2635-2644. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232012001000013.

    1. Paim JS. Reforma Sanitária Brasileira. Contribuição para a compreensão crítica. Salvador, Rio de Janeiro: Edufba, Ed Fiocruz; 2008. [ Links ]

    2. Cecilio LCO. As necessidades de saúde como conceito estruturante na luta pela integralidade e eqüidade na atenção em saúde. In: Pinheiro R, Mattos RA, organizadores. Os sentidos da integralidade na atenção e no cuidado à saúde. Rio de Janeiro: IMS/UERJ; 2001. p. 113-126. [ Links ]

    3. Paim JS. Desafios para a Saúde Coletiva no século XXI. Salvador: EDUFBA; 2007. [ Links ]

    4. Stotz EN. Os desafios para o SUS e a Educação Popular: uma análise baseada na dialética da satisfação das necessidades de saúde. In: Rocha CMF, Santos L, Bilibio LFS, Ceccim RB, Feuerwerker LMC, Pinto HA, organizadores. Rev SUS Brasil: cadernos de textos. Brasília: Ministério da Saúde; 2004. p. 284-299. [ Links ]

    5. Schraiber LB. Educação Médica e Capitalismo. São Paulo, Rio de Janeiro: Hucitec, Abrasco; 1989. [ Links ]

    6. Carvalho YM, Ceccim RB. Formação e educação em saúde: aprendizados com a Saúde Coletiva. In: Campos GWS, Minayo MCS, Akerman M, Drumond-Junior M, Carvalho YM, organizadores. Tratado de Saúde Coletiva. 2 Edição. São Paulo, Rio de Janeiro: Hucitec, Ed. Fiocruz; 2008. p. 137-170. [ Links ]

    7. Campos CMS, Mishima SM. Necessidades de saúde pela voz da sociedade civil e do Estado. Cad Saude Publica 2005; 2(4):1260-1268. [ Links ]

    8. Trad LAB. Necessidades de saúde: desafios (que persistem) no plano conceitual e da sua operacionalização nos serviços sanitários. In: Pinheiro R, Silva Junior AG, organizadores. Projeto Integralidade em Saúde - 10 anos: por uma sociedade cuidadora. Rio de Janeiro: Cepesc, IMS, UERJ, Abrasco; 2010. p. 39-54. [ Links ]

    9. Campos CMS, Bataieiro MO. Necessidades de saúde: uma analise da produção cientifica brasileira de 1990 a 2004. Interface Comun Saúde Educ 2007; 11(23):605-618. [ Links ]

    10. Barros DG, Chiesa AM Autonomia e necessidades de saúde na sistematização da assistência de enfermagem no olhar da saúde coletiva. Rev Esc Enferm USP 2007; 41(N Esp.):793-798. [ Links ]

    11. Figueiredo WS. Masculinidades e Cuidado: diversidade e necessidades de saúde dos homens na atenção primária [tese]. São Paulo: Faculdade de Medicina USP; 2008. [ Links ]

    12. Vaitsman J. Saúde, Cultura e Necessidades. In: Fleury S, organizadora. Saúde Coletiva? Questionando a Onipotência do Social. Rio de Janeiro: Relume-Du mará; 1992. p. 157-173. [ Links ]

    13. Schraiber LB, Mendes-Gonçalves RB. Necessidades de Saúde e Atenção Primária. In: Schraiber LB, Nemes MIB, Mendes-Gonçalves RB, organizadores. Saúde do Adulto: Programas e Ações na Unidade Básica. São Paulo: Hucitec; 1996. p. 29-47. [ Links ]

    14. Ayres JRCM. Organização das ações de atenção à saúde: modelos e práticas. Saúde e Sociedade 2009; 18(Supl. 2):11-23. [ Links ]

    15. Schraiber LB, Figueiredo WS, Gomes R, Couto MT, Pinheiro TF, Barbosa RM, Silva GSN, Valença OAA. Necessidades de saúde e masculinidades: atenção primária no cuidado aos homens. Cad Saude Publica 2010; 26(5):961-970. [ Links ]

    16. Mendes-Gonçalves RB. Práticas de saúde: processo de trabalho e necessidades. São Paulo: Cadernos CEFOR; 1992. [ Links ]

    17. Araújo MF, Schraiber LB, Cohen DD. Penetração da perspectiva de gênero e análise crítica do desenvolvimento do conceito na produção científica da Saúde Coletiva. Interface Comun Saúde Educ 2011; 15(38):805-818. [ Links ]

    18. Villela W, Monteiro S, organizadoras. Gênero e saúde: Programa Saúde da Família em questão. Rio de Janeiro: Abrasco, UNFPA; 2005. [ Links ]

    19. Schraiber LB, d'Oliveira AFPL, Portella AP, Oliveira EM. Violência de gênero no campo da Saúde Coletiva: conquistas e desafios. Cien Saude Colet 2009; 14(4):1019-1027. [ Links ]

    20. Gomes R, organizador. Saúde do Homem em Debate. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz; 2011. [ Links ]

    21. Bourdieu P. Razões Práticas. Sobre a teoria da ação. São Paulo: Papirus; 1996. [ Links ]

    22. Lefebvre H. A Re-produção das Relações de Produção. Porto: Publicações Escorpião; 1973. [ Links ]

    23. Couto MT, Schraiber LB. Homens, saúde e violência: novas questões de gênero no campo da saúde coletiva In: Minayo MCS, organizadora. Críticas e atuantes: ciências sociais e humanas em saúde na América Latina. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz; 2005. p. 687-706. [ Links ]

    24. Paim JS, Almeida Filho N. A crise da Saúde Pública e a utopia da Saúde Coletiva. Salvador: Casa da Qualidade Editora; 2000. [ Links ]

    25. Schraiber LB. Políticas públicas e planejamento nas práticas de saúde. Saúde em Debate 1995; 47:28-35. [ Links ]

    26. Schraiber LB. Programação Hoje: a força do debate. In: Schraiber LB, organizadora. Programação em Saúde hoje. 2 Edição. São Paulo: Hucitec; 1993. p. 11-35. [ Links ]

    27. Cohn A. Políticas e saúde: implicações e práticas. In: Campos GWS, Minayo MCS, Akerman M, Drumond-Junior M, Carvalho YM, organizadores. Tratado de Saúde Coletiva. 2 Edição. São Paulo, Rio de Janeiro: Ed. Hucitec, Ed Fiocruz; 2008. p.219-46. [ Links ]

    28. Donnangelo MCF. Saúde e Sociedade. In: Donnangelo MCF, Pereira L, organizadores. Saúde e Sociedade. São Paulo: Livraria Duas Cidades; 1976. p. 9-94. [ Links ]

    29. Rivera FJU. Planejamento de Saúde. In: Pereira IB, Lima JCF, organizadores. Dicionário da educação profissional em saúde. 2 Edição. Rio de Janeiro: EPSJV; 2009. p.312-17. [ Links ]

    30. Vieira M. Recursos Humanos em Saúde. In Pereira IB, Lima JCF, organizadores. Dicionário da educação profissional em saúde. 2 Edição. Rio de Janeiro: EPSJV; 2009. p.343-347. [ Links ]

    31. Ayres JRCM. O cuidado, os modos de ser (do) humano e as práticas de saúde. Saúde e Sociedade 2004; 13(3):16-29. [ Links ]

    32. Campos GSW. A mediação entre conhecimento e práticas sociais: a racionalidade da tecnologia leve, da práxis e da arte. Cien Saude Colet 2011; 16(7):3033- 3040. [ Links ]

    33. Schraiber LB. Quando o "êxito técnico" se recobre de "sucesso prático": o sujeito e os valores no agir profissional em saúde. Cien Saude Colet 2011; 16(7): 3041-3042. [ Links ]

    34. Castro R, Gómez AL. Poder médico y ciudadanía: el conflicto social de los profesionales de la salud con los derechos reproductivos en América Latina. 1 Edição. Montevideo: Universidad de la República; 2010. [ Links ]

    35. Villela VW, Barbosa RM. Aborto, saúde e cidadania. São Paulo: Ed Unesp; 2011. [ Links ]

    36. Couto MT, Pinheiro TF, Valença OAA, Barbosa RM, Silva GSN, Gomes R, Schraiber LB, Figueiredo WS. O homem na atenção primária à saúde: discutindo (in)visibilidade a partir da perspectiva de gênero. Interface Comun Saúde Educ 2010; 14(33): 257-270. [ Links ]