SciELO - Scientific Electronic Library Online

SciELO - Scientific Electronic Library Online

Article References

AMORIM, Camila Rego; ARAUJO, Edna Maria de; ARAUJO, Tânia Maria de  and  OLIVEIRA, Nelson Fernandes de. Acidentes de trabalho com mototaxistas. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2012, vol.15, n.1, pp. 25-37. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2012000100003.

    1. Organização Mundial da Saúde. Informe mundial sobre la violencia y la salud. Washington, D.Cc: OMS; 2002. [ Links ]

    2. Minayo MCS. A inclusão da violência na agenda da saúde: trajetória histórica. Cien Saude Colet 2007; 11: 1259-67. [ Links ]

    3. Dahlberg LL, Krug ET. Violência: um panorama global de saúde pública. Cien Saude Colet 2007; 11: 1163-78. [ Links ]

    4. Machado JMH, Gomez CM. Acidentes de trabalho: uma expressão da violência social. Cad Saude Publica 1994; 10: 74-87. [ Links ]

    5. Souza NSS, Portinho BG, Barreiros MF. Acidentes de trabalho com óbito registrados em jornais no estado da Bahia. Rev Baiana de Saude Publica 2006; 30(1): 77-89. [ Links ]

    6. Santana V, Nobre L, Waldvogel BC. Acidentes de trabalho no Brasil entre 1994 e 2004: uma revisão. Cien Saude Colet 2005; 10(4): 841-55. [ Links ]

    7. Meneguin FB, Bugarin MS. A informalidade no mercado de trabalho e o impacto das instituições: uma análise sob a ótica da teoria dos jogos. Econ Apl 2008; 12(3): 341-63. [ Links ]

    8. Silva DW, Andrade SM, Soares DA, Soares DFPP, Mathias TAF. Perfil do trabalho e acidentes de trânsito entre motociclistas de entregas em dois municípios de médio porte do Estado do Paraná, Brasil. Cad Saude Publica 2008; 24(11): 2643-52. [ Links ]

    9. Oliveira NLB, Sousa RMC. Retorno à atividade produtiva de motociclistas vítimas de acidentes de trânsito. Acta Paul Enferm 2006; 19(3): 284-9. [ Links ]

    10. Moraes TD. Fatores de risco de acidentes na atividade dos motoboys: limites das análises quantitativas. Revista de Gestão Integrada em Saúde do Trabalho e Meio Ambiente 2008; 3(3). [ Links ]

    11. Grisci CLI, Scalco PD, Janovik MS. Modos de trabalhar e de ser de motoboys: a vivência espaço-temporal contemporânea. Psicol Cienc Prof 2007; 27(3): 446-61. [ Links ]

    12. Silva DW, Andrade SM, Soares DA, Nunes EFPA, Melchior R. Condições de trabalho e riscos no trânsito urbano na ótica de trabalhadores motociclistas. Physis 2008; 18(2): 339-60. [ Links ]

    13. Santana VS, Araújo-Filho JB, Albuquerque-Oliveira PR, Barbosa-Branco A. Acidentes de trabalho: custos previdenciários e dias de trabalho perdidos. Rev Saude Publica 2006; 40(6): 1004-12. [ Links ]

    14. Organização Mundial da Saúde. Classificação estatística internacional de doenças e problemas relacionados à saúde. São Paulo: EDUSP; 2000. [ Links ]

    15. Araújo EM, Costa MCN, Hogan VK, Mota ELA, Araújo TM, Oliveira NF. Race/skin color differentials in potential years of life lost due to external causes. Rev Saude Publica 2009; 43(3): 405-12. [ Links ]

    16. Santana V, Maia AP, Carvalho C, Luz G. Acidentes de trabalho não fatais: diferenças de gênero e tipo de contrato de trabalho. Cad Saude Publica 2003; 19(2): 481-93. [ Links ]

    17. Santana V, Itaparica M, Amorim AM, Araújo Filho JB, Araújo G, Oliveira M, Cooper S. Acidentes de trabalho não fatais em adolescentes. Cad Saude Publica 2003; 19(2): 407-20. [ Links ]

    18. Oliveira NF, Santana VS, Lopes AA. Razões de proporções e uso do método delta para intervalos de confiança em regressão logística. Rev Saude Publica 1997; 31(1): 90-9. [ Links ]

    19. Localio AR, Margolis DJ, Berlin JA. Relative risks and confidence intervals were easily computed indirectly from multivariable logistic regression. J Clin Epidemiology 2007; 60 (9): 874-82. [ Links ]

    20. Hosmer DW, Lemeshow S. Applied logistic regression. 2nd. New York: John Wiley & Sons; 2000. [ Links ]

    21. Denatran. Feira de Santana. Informações sobre frota de veículos. Disponível em http://www.denatran.gov.br/cidadesat. [Acessado em 11 de julho de 2009] [ Links ]

    22. Salim-Filho MT. Políticas Públicas e Trabalho no Transporte Alternativo na Amazônia-Mototáxi [dissertação de mestrado]. Belém: Universidade Federal do Pará; 2007. [ Links ]

    23. Silva RM. Acidentes de trânsito com envolvimento de motociclistas: Uberlândia-2002-2004 [dissertação de mestrado]. Uberlândia: Universidade Federal de Uberlândia; 2007. [ Links ]

    24. Lira SVG. Comportamento preventivo e de risco no trânsito, referido por mototaxistas regulamentados em Fortaleza-CE [dissertação de mestrado]. Fortaleza: Universidade de Fortaleza; 2008. [ Links ]

    25. Matos RHF. Estudo exploratório das relações de trabalho como fator de influência do comportamento humano no trânsito: caso do motofrete [dissertação de mestrado]. Brasília: Universidade de Brasília; 2008. [ Links ]

    26. Machado EP, Oliveira MA. O jogo de esconde-esconde - Trabalho perigoso e ação social defensiva entre motoboys de Salvador. Rev Bras Ci Soc 2009; 24(70): 91-184. [ Links ]

    27. Oliveira DSC. Análise dos impactos provocados pela operacionalização do serviço mototáxi no sistema de transportes urbanos: o caso de Campina Grande-PB [dissertação de mestrado].João Pessoa: Universidade Federal da Paraíba; 2005. [ Links ]

    28. Diniz EPH, Assunção AA, Lima FPA. Prevenção de acidentes: o reconhecimento das estratégias operatórias dos motociclistas profissionais como base para a negociação de acordo coletivo. Cien Saude Colet 2005; 10(4): 905-16. [ Links ]

    29. Veronese AM, Oliveira DLLC. Os riscos dos acidentes de trânsito na perspectiva dos moto-boys: subsídios para a promoção da saúde. Cad Saude Publica 2006; 22(12): 2717-21. [ Links ]

    30. Soares DFPP, Barros MBA. Fatores associados ao risco de internação por acidentes de trânsito no Município de Maringá-PR. Rev Bras Epidemiol 2006; 9(2): 193-205. [ Links ]

    31. Oliveira NLB, Sousa RMC. Diagnóstico de lesões e qualidade de vida de motociclistas, vítimas de acidentes de trânsito. Rev Latino-Am Enferm 2003; 11(6): 749-56. [ Links ]

    32. Pinto AO, Witt RR.Gravidade de lesões e características de motociclistas atendidos em um hospital de pronto socorro. Rev Gaucha Enferm 2008; 29(3): 408-14. [ Links ]