SciELO - Scientific Electronic Library Online

SciELO - Scientific Electronic Library Online

Article References

SILVA, Gilmar de Oliveira Barros et al. Uso de medicamentos contínuos e fatores associados em idosos de Quixadá, Ceará. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2012, vol.15, n.2, pp. 386-395. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2012000200016.

    1. Carvalho JAM, Garcia RA. O envelhecimento da população brasileira: um enfoque demográfico. Cad Saúde Pública 2003; 19(3): 725-33. [ Links ]

    2. United Nations Population Division. World Population Ageing 2009. New York, NY, USA: United Nations; 2010. [ Links ]

    3. Organização Mundial da Saúde. Grupo de Doenças Não-transmissíveis e Saúde Mental. Departamento de Prevenção de Doenças Não-transmissíveis e Promoção da Saúde. Envelhecimento e Curso de Vida. Madrid; 2002. [ Links ]

    4. Alves LC et al. A influência das doenças crônicas na capacidade funcional dos idosos do Município de São Paulo, Brasil. Cad Saúde Pública 2007; 23(8): 1924-30. [ Links ]

    5. Robert Wood Johnson Foundation. Partnership for Solutions Chronic Conditions: Making the Case for Ongoing Care; 2004. [ Links ]

    6. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Síntese de indicadores sociais: uma análise das condições de vida da população brasileira; 2010. [ Links ]

    7. Loyola Filho AI, Uchoa E, Firmo JOA, Lima-Costa MF. Estudo de base populacional sobre uso de medicamentos entre idosos: Projeto Bambuí. Cad Saúde Pública 2005; 21(2): 545-53. [ Links ]

    8. Laroche ML, Charmes JP, Nouaille Y, Picard N, Merle L. Is inappropiate medication use a major cause of adverse drug in the elderly? Br J Clin Pharmacol 2006; 63(2): 177-86. [ Links ]

    9. Stewart RB, Cooper JW. Polipharmacy in the aged. Practical solutions. Drugs & Aging 1994; 4(6): 449-61. [ Links ]

    10. Hanlon JT, Fillenbaum GG, Burchett B, et al. Drug-use patterns among black and nonblack community dwelling elderly. Ann Pharmacother 1992; 26: 679-85. [ Links ]

    11. Roth MT, Ivet JL. Self-reported medication use in community-residing older adults: a pilot study. Am J Geriatr Pharmacother 2005; 3: 196-204. [ Links ]

    12. Secoli SR. Polifarmácia: interações e reações adversas no uso de medicamentos por idosos. Rev Bras Enfermagem 2010; 63(1): 136-40. [ Links ]

    13. Coelho-Filho JM, Marcopito LF, Castelo A. Perfil de utilização de medicamentos por idosos em área urbana do Nordeste do Brasil. Rev Saúde Pública 2004; 38(4): 557-64. [ Links ]

    14. Ribeiro AQ et al. Inquérito sobre uso de medicamentos por idosos aposentados, Belo Horizonte-MG. Rev Saúde Pública 2008; 42(4): 724-32. [ Links ]

    15. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Demográfico 2000 e Pesquisa de Orçamentos Familiares - POF 2002/2003. (2 ed.); 2004. [ Links ]

    16. World Health Organization. The ATC Index with DDD System. Collaboration Centre for Drug Statistics Methodology. Institute of Public Health; updated revision Oslo: Norwegian, dec., 2009. Disponível em http://www.whocc.no/atcddd/ [Acessado em 05 outubro de 2009] [ Links ]

    17. Fick MD, Cooper JW, Wade WE, Waller JL, Maclean R, Beers MH. Updating the Beers Criteria for potentially inappropriate medication use in older adults. Arch Intern Med 2003; 163(22): 2716-24. [ Links ]

    18. Conselho Nacional de Saúde. Resolução n 196/96 de 10 de outubro de 1996. Aprova as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Brasília: Ministério da Saúde; 1996. [ Links ]

    19. Haider SI, Johnell K, Thorslund M, Fastbom J. Analysis of the association between polypharmacy and socioeconomic position among elderly aged > or =77 years in Sweden. Clin Ther 2008; 30(2): 419-27. [ Links ]

    20. Martínez Querol C, Martínez VTP, Pérez MC, Viera JJL. Polifarmacia en los adultos mayores. Rev Cubana Med Gen Integr 2005; 21: 1-2. [ Links ]

    21. Correa-de-Araújo R, Miller GE, Banthin JS, Trinh Y. Gender diferences in drug user and expenditures in a privately insured population of older adults. J Women´s Health 2005; 14(1): 73-81. [ Links ]

    22. Loyola Filho AI, Uchoa E, Lima-Costa MF. Estudo epidemiológico de base populacional sobre uso de medicamentos entre idosos na Região Metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Cad Saúde Pública 2006; 22(12): 2657-67. [ Links ]

    23. Galato D, Silva ES, Tiburcio LS. Estudo de utilização de medicamentos em idosos residentes em uma cidade do sul de Santa Catarina (Brasil): um olhar sobre a polimedicação. Ciência & Saúde Coletiva 2010; 15(6): 2899-905. [ Links ]

    24. Loyola Filho AI, Uchoa E, Firmo JOA, Lima-Costa MF. Influência da renda na associação entre disfunção cognitiva e polifarmácia: Projeto Bambuí. Rev Saúde Pública 2008; 42(1): 89-99. [ Links ]

    25. Mastroeni MF, Erzinger GS, Mastroeni SSBS, da Silva NN, Marucci MFN. Perfil demográfico de idosos da cidade de Joinville, Santa Catarina: estudo de base domiciliar. Rev Bras Epidemiol 2007; 10(2): 190-201. [ Links ]

    26. Pereira RS, Curioni CC, Veras R. Perfil demográfico da população idosa no Brasil e no Rio de Janeiro. Textos sobre Envelhecimento 2003; 6(1): 43-59. [ Links ]

    27. Flores VB, Benvegnu LA. Perfil de utilização de medicamentos em idosos da zona urbana de Santa Rosa, Rio Grande do Sul, Brasil. Cad Saúde Pública 2008; 24(6): 1439-46. [ Links ]

    28. Silvestre JA, Costa-Neto MM. Abordagem do idoso em programas de saúde da família. Cad Saúde Pública 2003; 19(3): 839-47. [ Links ]

    29. Simonson W, Feinberg JL. Medication-related problems in the elderly: defining the issues and identifying solutions. Drugs Aging 2005; 22(7): 559-69. [ Links ]

    30. Fick MD, et al. A randomized study to decrease the use of potentially inappropriate medications among community-dwelling older adults in a southeastern managed care organization. Am J Manag Care 2004; 10(11): 761-8. [ Links ]

    31. Ceará. Perfil básico municipal: Quixadá. Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará. Fortaleza-Ce. 2005. [ Links ]

    32. Santos LM, et al. Grupo de promoção à saúde no desenvolvimento da autonomia, condições e saúde. Rev Saúde Pública 2006; 40(2): 346-52. [ Links ]