SciELO - Scientific Electronic Library Online

SciELO - Scientific Electronic Library Online

Article References

PINHO, Paloma de Sousa  and  ARAUJO, Tânia Maria de. Associação entre sobrecarga doméstica e transtornos mentais comuns em mulheres. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2012, vol.15, n.3, pp. 560-572. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2012000300010.

    1. Goldberg D, Huxley P. Common mental disorders: a bio-social model. London: Tavistock; 1992. [ Links ]

    2. World Health Organization. Expert Committee on Drug Dependence. 29th Report. Geneva; 1995. (WHO - Technical Report Series, 856). [ Links ]

    3. Lennon MC. Work conditions as explanations for the relation between socioeconomic status, gender, and psychological disorders. Epidemiol Rev 1995; 17: 120-7. [ Links ]

    4. Costa JSD et al. Prevalência de distúrbios psiquiátricos menores na cidade de Pelotas, RS. Rev Bras Epidemiol 2002; Falta inserir o número da revista: 164-73. [ Links ]

    5. Ludermir AB, Lewis G. Links between social class and common mental disorders in Northeast Brazil. Soc Psychiatry and Psychiatr Epidemiol 2001; 36: 101-7. [ Links ]

    6. Ludermir AB. Melo Filho DA. Condições de vida e estrutura ocupacional associadas a transtornos mentais comuns. Rev Saúde Pública 2002; 36(2): 213-21. [ Links ]

    7. Joshi HE. Changing roles of women in the British labour market and the family. In: Deane P, Frontiers of Economic Research, London: Macmillan; 1990. p. 101-28. [ Links ]

    8. Bruschini C. Trabalho doméstico: inatividade econômica ou trabalho não-remunerado? Rev Bras Est Pop 2006; 23: 331-53. [ Links ]

    9. Lima SCC. Trabalho doméstico: uma trajetória silenciosa de mulheres. Rio de Janeiro: Virtual Científica; 2003. [ Links ]

    10. Araújo, T.M., Aquino, E., Menezes, G., Santos, C.O., Aguiar, L. Aspectos psicossociais do trabalho e distúrbios psíquicos entre trabalhadoras de enfermagem. Rev Saúde Pública 2003; 37: 424-33. [ Links ]

    11. Lennon MC. Women, work and well-being: the importance of work conditions. J Health Soc Behav 1994; 35: 235-47. [ Links ]

    12. Castro MG, Lavinas L. Do feminino ao gênero: a construção de um objeto. In: Costa AO, Bruschini C. Uma questão de gênero. Rio de Janeiro: Rosa dos Ventos, 1992. [ Links ]

    13. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). Anuário estatístico de Feira de Santana; 2000. [ Links ]

    14. World Health Organization. The World Health Report - Mental Health: New Understanding. 1th Geneva: WHO; 2001. (WHO - Technical Report Series, 1211) [ Links ]

    15. Aquino EML. Gênero, trabalho e hipertensão arterial: um estudo de trabalhadoras de enfermagem em Salvador, Bahia [tese de Doutorado]. Salvador: Universidade Federal da Bahia; 1996. [ Links ]

    16. Beusenberg M, Orley JA. Users Guide to the Self Reporting Questionnaire (SRQ). World Health Organisation, Geneva Who/MNH/PSF/1994; 94.8. [ Links ]

    17. Hosmer DW. Lemeshow S. Applied Logistic Regression. New York: John Wiley and Sons. 1989. [ Links ]

    18. Kleinbaum D. Logistic Regression. A Self-learning Text. New York: Springer-Verlag; 1994. [ Links ]

    19. Ludemir, A. B. Inserção Produtiva, Gênero e Saúde mental. Cad Saúde Pública 2000; 3: 647-59. [ Links ]

    20. Lopes CS, Faerstein E, Chor D. Eventos de vida produtores de estresse e transtornos mentais comuns: resultados do estudo pró-saúde. Cad Saúde Pública 2003; Falta inserir o número da revista: 1713-20. [ Links ]

    21. Ludemir AB. Associação dos transtornos mentais comuns com a informalidade das relações de trabalho. J Bras Psiquiatr 2005; Falta inserir o número da revista:198-204. [ Links ]

    22. Maragno L, Goldbaum M, Ginini RJ, Novaes HMD, César CHG. Prevalência de transtornos mentais comuns em populações atendidas pelo programa Saúde da Família (QUALIS) no município de São Paulo, Brasil. Cad Saúde Pública 2006; 22: 1639-48. [ Links ]

    23. Araya R, Rojas G, Fritsch R, Acuña J, Lewis G. Common mental disorders in Santiago, Chile. Br J Psychiatry 2001; 178: 228-33. [ Links ]

    24. Dejour C. A loucura do trabalho - estudo de psicopatologia do trabalho. São Paulo: Oboré, 1987. [ Links ]

    25. Almeida MMG et al. Atividades de lazer entre idosos, Feira de Santana, Bahia. Rev Baiana Saúde Pública 2005; 2: 339-52. [ Links ]