Profissão: identificação e projeto

 

Profession: identitication and project

 

Profession: identitication et projet

 

 

Silvia Rodrigues JardimI; João Ferreira da Silva FilhoII

IMD, Doutora em Psiquiatria, pesquisadora do Programa Organização do Trabalho e Saúde Mental - IPUB/UFRJ, bolsista do CNPq
IIMD, MSc, DSc, professor-adjunto da UFRJ, pesquisador do CNPq

 

 


RESUMO

Neste artigo usamos as noções de identificação e de projeto para discutir o tomar-se profissional, partindo da pesquisa com um grupo de trabalhadores urbanos: os pilotos de trem do Metrô carioca.

Palavras-chave: Identificação; história de vida; operário; trabalhadores urbanos.


ABSTRACT

Starting from the research with a workers' group, the subway train drivers at the Metro of Rio de Janeiro, we use the notions of identification and project to discuss the process of become professional.

Keywords: Identification; urban workers; life history.


RÉSUMÉ

Dans cet texte les notions d'identification et projet aident à discuter le devenir profissionel selon la recherche avec un group de travailleurs urbains: les conducteurs de train du Métro de Rio de Janeiro.

Mots-clé: Identification; travailleurs urbains; devenir profissionel.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

Referências Bibliográficas:

AULAGNIER, P. (1985), Os Destinos do Prazer. Rio de Janeiro, Imago.         

_________ . (1979), A Violência da Interpretação. Rio de Janeiro,lmago.         

BOURDIEU, P. (1979), O Desencantamento do Mundo. São Paulo, Perspectiva.         

COSTA, Jurandir F. (1989), Psicanálise e Contexto Cultural. Rio de Janeiro, Campus.         

DUARTE, L.F. (1983), "Três Ensaios sobre Pessoa e Modernidade". Boletim do Museu Nacional, n° 41, agosto.         

_________ . (1988), Da Vida Nervosa nas Classes Trabalhadoras Urbanas (2" ed.). Rio de Janeiro, Jorge Zahar.         

DUMONT, L. (1993), "O Valor nos Modernos e nos Outros", in O Individualismo: Uma Perspectiva Antropológica da Ideologia Moderna. Rio de Janeiro, Rocco.         

FOUCAULT, M. (1991), Vigiar e Punir (9" ed.). Petrópolis, Vozes.         

FREUD, S. (1981a), Sobre o Narcisismo: Uma Introdução. Edição Standard Brasileira das Obras Completas de Sigmund Freud, vol. XIV. Rio de Janeiro, Imago.         

_________ . (l981b), Inibições, Sintomas e Ansiedade. Edição Standard Brasileira das Obras Completas de Sigmund Freud, vol. XX. Rio de Janeiro, Imago.         

JARDIM, S. R. (1994), Processo de Trabalho e Sofrimento Psíquico: O Caso dos Pilotos do Metrô Carioca. Tese de Doutorado, Instituto de Psiquiatria/UFRJ.         

LACAN, J. (1948), La Agressividad en Psicoanálisis. Informe teórico apresentado no Congresso dos Psicanalistas de Língua Francesa, Bruxelas, maio.         

LAPLANCHE, J. e PONTALIS, J. B. (1991), Vocabulário de Psicanálise. São Paulo, Martins Fontes.         

RUSSO, J. (1991), "Tomar-se Terapeuta Corporal: A Trajetória Social como Processo de 'Autoconstrução"'. Physis - Revista de Saúde Coletiva, vol. 1, n° 2.         

SALEM, T. (1992), "A 'Despossessão Subjetiva': Dos Paradoxos do Individualismo". Revista Brasileira de Ciências Sociais, Ano 7, n° 18, fevereiro.         

SANTOS, N. (1981), Tomar-se Negro. Dissertação de mestrado, Instituto de Psiquiatria, UFRJ.         

SIMMEL, G. (1971), On Individualism and Social Forms. Chicago, Chicago University Press.         

VELHO, G. (1987a), "Projeto, Emoção e Orientação", in G. Velho (ed.), Individualismo e Cultura (2° ed.). Rio de Janeiro, Jorge Zahar.         

_________ . (1987b), "Prestígio e Ascensão Social. Dos Limites do Individualismo na Sociedade Brasileira", in G. Velho (ed.), Individualismo e Cultura (2° ed.). Rio de Janeiro, Jorge Zahar.         

WEBER, M.(1992), A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo (7° ed.). São Paulo, Livraria Pioneira Editora.         

 

 

Recebido em 09/10/95.
Aprovado em 18/12/95.

IMS-UERJ RJ - Brazil
E-mail: publicacoes@ims.uerj.br