O avanço do retrocesso

Kenneth R. de Camargo Jr.

Há pouco mais de três anos, comentávamos sobre a importância do Estado Laico não apenas para a democracia e liberdade de culto, mas até mesmo para a saúde (CAMARGO JR, 2014CAMARGO JR, K. R. Estado laico: uma agenda para a saúde coletiva. Physis: Revista de Saúde Coletiva, v. 24, n. 3, p. 669-671, 2014.), tomando como um dos exemplos dos problemas gerados pela indevida interferência de normas religiosas na vida pública a infeliz coincidência de duas mulheres jovens terem sido vítimas fatais de abortos clandestinos num curto espaço de tempo.

Naquele mesmo ano, elegeu-se um dos congressos mais conservadores da história do país, com bancadas representando lobbies diversos sem maior conexão com a vontade popular, que veio patrocinando, desde sua posse, uma série de medidas que configuram retrocesso jamais visto em tempos democráticos na nossa história.

A famigerada Emenda Constitucional no 95/2016, absurdo congelamento do orçamento nacional em nome da já denunciada “austeridade”, a virtual destruição dos direitos trabalhistas, o triste espetáculo da baixa negociação política em troca da desconsideração de denúncias graves e factualmente embasadas são mais uma “página infeliz da nossa história”, evocando um de nossos maiores compositores.

A esse quadro de retrocesso amplo, intenso, sem limites, veio recentemente acrescentar-se o episódio da inclusão sub-reptícia em uma emenda constitucional não relacionada ao tema (PEC 181/2011), de linguagem que efetivamente torna o aborto ilegal, mesmo nas limitadas circunstâncias ora permitidas pela legislação brasileira. O escárnio de 18 homens decidirem unilateralmente sobre assunto que toca diretamente a direitos essenciais das mulheres é mais um exemplo eloquente da deterioração da representação e da atividade políticas em nosso meio.

Não é necessário especular as consequências da restrição completa ao aborto; exemplos abundam em países que adotam legislação desse tipo. Em El Salvador, uma adolescente que engravidou como consequência de estupro foi condenada a 30 anos de prisão quando deu à luz uma criança que veio a falecer após o parto.11Disponível em: <https://www.theguardian.com/global-development/2017/jul/06/el-salvador-teen-rape-victim-sentenced-30-years-prison-stillbirth>. Acesso em: 15 nov 2017. Na Irlanda, a recusa à retirada de um feto de uma mulher já em quadro séptico enquanto o mesmo apresentasse batimento cardíaco levou à sua morte, aos 31 anos de idade.22Disponível em: <https://www.theguardian.com/world/2012/nov/14/ireland-woman-dies-after-abortion-refusal>. Acesso em: 15 nov 2017. Como se já não bastasse a dramática situação do aborto clandestino no país, alguns querem torná-la ainda pior.

Movimentos feministas em todo o país têm capitaneado manifestações públicas de repúdio ao subterfúgio legislativo que já foi comparado ao mítico cavalo de Troia. Mas essa é apenas uma peça de um grande quadro de ameaça a avanços sociais das últimas décadas, alavancados por razões diversas por uma coalizão de poder que já se mostrou bem pouco responsiva à opinião pública.

Apenas a retomada da luta política em larga escala poderá impedir o prosseguimento desse verdadeiro descalabro. Não apenas os direitos das mulheres estão sob ameaça; os direitos de trabalhadores estão em plena erosão, o SUS sofre o maior ataque de sua história, a Universidade pública no país também foi colocada na mira dos ultraneoliberais. Sem reação forte e imediata, são sombrias as perspectivas de futuro para nosso país.

Novidades e agradecimentos

Estamos planejando para o próximo ano a passagem para o sistema de fluxo contínuo de publicação. Isso significa que, ao invés de um número restrito de edições anuais, os artigos serão enviados para formatação e posteriormente publicação no site da revista tão logo seja possível. Isso deverá abreviar consideravelmente o tempo de publicação.

E mais uma vez, ao encerrarmos mais um ano, desejamos mostrar nosso agradecimento aos revisores que, com seu trabalho anônimo e nunca suficientemente reconhecido, são a pedra basilar de toda a ciência. O padrão ouro da avaliação científica segue sendo a revisão por pares, não importa o quanto se insista no uso de métricas duvidosas por sua suposta “objetividade”. Homenageamos em especial aqueles que com mais assiduidade responderam às nossas solicitações de pareceres.

Nossa revisora do ano, mais uma vez, foi Vanessa Maia Rangel, sempre pronta a colaborar com nossa revista. Em segundo lugar, Rossano Cabral de Lima, e em terceiro, empatados, Paula Cerqueira e Martinho Braga Batista e Silva. Agradecendo a eles, estamos agradecendo também aos mais de 160 revisores que nos ajudaram a manter a qualidade da nossa publicação.

Referência

  • CAMARGO JR, K. R. Estado laico: uma agenda para a saúde coletiva. Physis: Revista de Saúde Coletiva, v. 24, n. 3, p. 669-671, 2014.

Notas

  • 1
    Disponível em: <https://www.theguardian.com/global-development/2017/jul/06/el-salvador-teen-rape-victim-sentenced-30-years-prison-stillbirth>. Acesso em: 15 nov 2017.
  • 2
    Disponível em: <https://www.theguardian.com/world/2012/nov/14/ireland-woman-dies-after-abortion-refusal>. Acesso em: 15 nov 2017.

Lista de Revisores – 2017

  1. Adeânio Almeida Lima

  2. Adelaide Antunes

  3. Adriana Ribeiro Rice Geisler

  4. Adriano Aguiar

  5. Aline Tonheiro Palmeira

  6. Ana Laura Candil

  7. Ana Clara Camarotti

  8. Ana Lima Pimentel

  9. Ana Luiza Vilasbôas

  10. Ana Silvia Gesteira

  11. André Luís Bonifácio de Carvalho

  12. André Luis Mendonça

  13. Anelise Oliveira

  14. Angelica Fonseca

  15. Antonio Tadeu Cheriff

  16. Benedito Cordeiro

  17. Carla Ribeiro Guedes

  18. Carlos Alberto Ribeiro Costa

  19. Carlos Dimas M. Ribeiro

  20. Carlos Eduardo Amaral

  21. Carmen Romero

  22. Celia Cristina Diogo Ferreira

  23. Celia Regina Pierantoni

  24. Cesar Augusto O. Favoreto

  25. Charles Dalcanale Tesser

  26. Christiana Profice

  27. Cinira Magali Fortuna

  28. Cíntia Borges

  29. Claudia Bonan

  30. Claudia Henschel De Lima

  31. Cláudia Mayorga

  32. Claudia Mercedes Mora Cárdenas

  33. Claudia Ribeiro

  34. Cristiane Marques Seixas

  35. Cristiane da Costa Thiago

  36. Daniel Bandoni

  37. Daniela Murta do Amaral

  38. Delma Peçanha Neves

  39. Denise Scofano

  40. Denise Valle

  41. Denizar Araújo

  42. Ednaldo Araújo

  43. Eduardo Guimarães

  44. Enéas Teixeira

  45. Erotildes Leal

  46. Eugenia Bianchi

  47. Fabiano Guilherme Mendes Santos

  48. Fábio Tajra

  49. Fabíola Rohden

  50. Fabiola Sulpino Vieira

  51. Felismina Mendes

  52. Fernanda Alzuguir

  53. Fernanda Martinhago

  54. Filoemena Assolini

  55. Flavia Freire

  56. Flavio Coelho Edler

  57. Francieli Cembranel

  58. Francisco Arsego

  59. Francisco Inácio Pinkusfeld Bastos

  60. Franklin Forte

  61. Gabriel Eduardo Schütz

  62. Gabriela Bittencourt Mosegui

  63. Gabriela Costa Chaves

  64. Girlene Alves da Silva

  65. Grazielle Tagliamento 865

  66. Guacira Matos

  67. Horacio Correa Lucero

  68. Iacã Macerata

  69. Ilana Lowy

  70. Issa Damous

  71. Jane Dutra Sayd

  72. Jaqueline Mendes Soares

  73. Jeane Félix da Silva

  74. Jeanne Glaucia Tomazelli

  75. Jeanne de Souza Lima

  76. João Nunes Arriscado

  77. Johnnatas Lopes

  78. José Odair Ferrari

  79. José Ivo Pedrosa

  80. Juarez Furtado

  81. Juliana Machado

  82. Júlio Alencar

  83. Kalline Flávia Silva de Lira

  84. Katia Reis Souza

  85. Koichi Kameda de Carvalho

  86. Lais Silveira Costa

  87. Laura Gonçalves

  88. Laura Lowënkron

  89. Leila Senna Maia

  90. Lenir Nascimento da Silva

  91. Leonardo Vital Mattos

  92. Leticia Medeiros Ferreira

  93. Lia Hasenclever

  94. Ligia Amparo-Santos

  95. Lilia Blima Schraiber

  96. Lilian Koifman

  97. Lilian Miranda

  98. Luciana Ribeiro Bahia

  99. Luciana Caliman

  100. Luciana Dias de Lima

  101. Luciana Simas Chaves de Moraes

  102. Luciane Cruz Lopes

  103. Luciene Rocinholi

  104. Luiz Fernando Duarte

  105. Luiz Antônio Teixeira

  106. Magda de Souza Chagas

  107. Magda Ribeiro de Castro Soares

  108. Magda Scherer

  109. Marcelo Castellanos

  110. Marcia Cristina Brasil Santos

  111. Marcia Maria dos Anjos Azevedo

  112. Marcos Signorelli

  113. Mardênia Vasconcelos

  114. Maria Angélica Carvalho Andrade

  115. Maria Andréa Rios Loyola

  116. Maria Catarina Salvador da Motta

  117. Maria Elizabeth Araújo Ajalla

  118. María Fernanda Vasquez Valencia

  119. Maria Helena Mendonça

  120. María Mantilla

  121. Maria Martha Freire

  122. Maria Helena M. Mendonça

  123. Maria Angela Boccara de Paula

  124. Maria Stella Filgueiras

  125. Maria Tavares Cavalcanti

  126. Mariana Kliemann Marchioro

  127. Marina Monteiro de Castro e Castro

  128. Marina Fischer Nucci

  129. Martin Correa-Urquiza

  130. Martinho Braga Batista e Silva

  131. Massimiliano Minelli

  132. Mauricio Calomeni

  133. Mauro Fraga Paiva

  134. Núbia Rodrigues

  135. Nuria Malajovich

  136. Paula Cerqueira

  137. Paula Gaudenzi

  138. Paula Land

  139. Paulo César Alves

  140. Paulo Roberto Queiroz

  141. Pedro Paulo Bicalho

  142. Pedro Paulo Pereira

  143. Priscila Pires Alves

  144. Priscila Barth

  145. Rachel Aisengart Menezes

  146. Ricardo Sparapan Pena

  147. Rodrigo Noll Gonçalves

  148. Rodrigo Ruíz-Lurduy

  149. Rogério Lopes Azize

  150. Ronaldo Teodoro dos Santos

  151. Rosana Onocko Campos

  152. Rosângela Caetano

  153. Rosimary Gonçalves de Souza

  154. Rossano Cabral Lima

  155. Rubens de Camargo Ferreira Adorno

  156. Sabrina Stefanello

  157. Sílvia Lüdorf

  158. Sotero Mengue

  159. Suely Rozenfeld

  160. Susana Ramírez Hita

  161. Suzana Canez

  162. Tatiana Chama

  163. Tatiana Wargas de Faria Batista

  164. Vanessa Maia Rangel

  165. Vera Silvia Facciolla Paiva

  166. Vilma Diuana

  167. Vivian Tatiene Nunes Campos

  168. Wanise Borges Barroso

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    Oct-Dec 2017
IMS-UERJ RJ - Brazil
E-mail: publicacoes@ims.uerj.br