1. Braun MM, Truman BI, Maguire B. Increasing incidence of tuberculosis in a prison inmate population.JAMA 1989; 261: 393-7.         

2. Ministério da Justiça. Secretaria de Justiça. Departamento Penitenciário Nacional. Censo Penitenciário de 1997. Brasília; 1998.         

3. Snider DE, Hutton MD. Tuberculosis in correctional institutions.JAMA 1989; 261: 436-7.         

4. Stead WW. Undetected tuberculosis in prison.JAMA 1978; 240: 2544-7.         

5. Bastian I, Borgdorff M, Demeulenaere T, Diez M, Goos C, de Haller R et al. Guidelines for the control of tuberculosis in prisons. Geneva: World Health Organization; 2000. (WHO/CDS/TB/2000.281).         

6. Maher D, Grzemska M, Coninx R, Reyes H, Crofton R, Sommaruga C. Guidelines for the control of tuberculosis in prisons. Geneva: World Health Organization; 1998. (WHO/Tb/98.250).         

7. Walmsley R. World prison population list. Disponível em: http://www.homeoffice.gov.uk/rds/pdfs2/r188.pdf [Acessado em 30 de outubro de 2007]          .

8. Federação Nacional dos Policiais Federais.Brasil tem a quarta maior população prisional do mundo. Disponível em http://www.fenapef.org.br/htm/com_noticias_impressao.cfm?Id=50026 [Acessado em 15 de dezembro de 2007]          .

9. Ministério da Justiça. Secretaria Nacional de Justiça. Departamento Penitenciário Nacional. Sistema Nacional de Informação Penitenciária (InfoPen): Dados consolidados. Disponível em http://www.mj.gov.br/depen [Acessado em 22 de setembro de 2008]          .

10. Human Rights Watch. O Brasil atrás das grades. Disponível em http://www.hrw.org/portuguese/reports/presos [Acessado em 30 de outubro de 2007]          .

11. Secretaria de Estado da Saúde. Coordenação dos Institutos de Pesquisa. Centro de Vigilância Epidemiológica "Prof. Alexandre Vranjac". Divisão de Tuberculose e outras Pneumopatias. Recomendações para o controle da tuberculose nas prisões. São Paulo, SP; 1999.         

12. Ministério da Saúde. Programa Nacional de DST e Aids. Populações. Presídios (População confinada adulta). Disponível em http://www.aids.gov.br/final/prevencao/presidios.htm [Acessado em 22 de setembro de 2008]          .

13. Abrahão RMCM. Diagnóstico da tuberculose na população carcerária dos Distritos Policiais da zona oeste da cidade de São Paulo [Tese de Doutorado]. São Paulo: Faculdade de Saúde Pública da USP; 2003.         

14. Ministério da Saúde. Fundação Nacional de Saúde. Centro Nacional de Epidemiologia. Coordenação Nacional de Pneumologia Sanitária.Manual de normas para o controle da tuberculose. 4ª ed. Brasília, DF; 1995.         

15. Ministério da Saúde. Fundação Nacional de Saúde. Centro Nacional de Epidemiologia. Centro de Referência Prof. Hélio Fraga. Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia. Controle da tuberculose: uma proposta de integração ensino-serviço. 5ª ed. Rio de Janeiro: FUNASA/CRPHF/SBPT; 2002.         

16. Zar, JH. Biostatistical Analysis. 3rd ed. New Jersey: Prentice-Hall, Upper Saddle River; 1996. p. 563.         

17. Adib SM, Al-Takash H, Al-Hajj C. Tuberculosis in Lebanese jails: prevalence and risk factors Eur J Epidemiol 1999; 15: 253-60.         

18. Bellin EY, Fletcher DD, Safyer SM. Association of tuberculosis infection with increased time in or admission to the New York City jail system.JAMA 1993; 269: 2228-31.         

19. Martin V, Gonzalez P. Case finding of pulmonary tuberculosis on admission to a penitentiary centre. Tuberc Lung Dis 1993; 74: 49-53.         

20. Martín V, Brugos M, Valcarcel I. Prevalencia de tratamiento de la infección tuberculosa en una Prisión Provincial Rev Esp Salud Pública 2000; 74: 361-6.         

21. Niero R. Tuberculose pulmonar em uma prisão: estudo de alguns aspectos epidemiológicos como subsídio para o seu controle. [Tese de Doutorado]. São Paulo: Faculdade de Saúde Pública da USP; 1981.         

22. Sánchez VM, Alvarez-Guisasola F, Caylá JA, Alvarez JL. Predictive factors of Mycobacterium tuberculosis infection and pulmonary tuberculosis in prisoners Int J Epidemiol 1995; 24: 630-6.         

Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revbrepi@usp.br