ERRATA CORRECTIONS

 

 

No artigo "Prevalência e fatores associados ao Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT) em profissionais de emergência: uma revisão sistemática da literatura"

Onde se lê:

"Os estudos longitudinais identificaram a auto-eficácia, agressividade, uso de álcool, resistência galvânica da pele e características sociodemográficas como fatores individuais de risco para TEPT. Quanto ao contexto, foram vistas associações entre TEPT e fatores ligados à ocupação ou à vida em geral, sendo eles: tipo de formação profissional, exposição a eventos traumáticos ocupacionais e não ocupacionais e a eventos de vida estressantes (Tabela 2)."

Leia-se:

"Os estudos longitudinais identificaram a auto-eficácia, agressividade, uso de álcool, resistência galvânica da pele e características sociodemográficas como fatores individuais de risco para TEPT. Quanto ao contexto, foram vistas associações entre TEPT e fatores ligados à ocupação ou à vida em geral, sendo eles: tipo de formação profissional, exposição a eventos traumáticos ocupacionais e não ocupacionais e a eventos de vida estressantes."

Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revbrepi@usp.br