• A systematic review and meta-analysis of interventions used to reduce exposure to house dust and their effect on the development and severity of asthma Review

    Macdonald, Clare; Sternberg, Anna; Hunter, Paul

    Abstract in Portuguese:

    Avaliamos se intervenções para reduzir a exposição à poeira doméstica podem aumentar ou diminuir o desenvolvimento ou severidade de doença atópica. Em 2007, fez-se um levantamento das intervenções domiciliares e doença atópica (EMBASE, MEDLINE e Cochrane Central Register of Controlled Trials). Foram incluídos aleatoriamente ensaios controlados comparando a ocorrência da asma em grupos de intervenção domiciliar com ou sem intervenção placebo. Segundo a meta-análise dos estudos de prevenção, as intervenções não tiveram impacto sobre a respiração difícil mas reduziram significativamente a asma diagnosticada por médico. Segundo a meta-análise da função pulmonar, a intervenção não resultou em melhora, mas houve redução nos dias sintomáticos. Qualitativamente, os que receberam intervenção usaram menos os serviços de saúde. Contudo, em um estudo que comparou os ramos intervenção, placebo e controle, a redução no uso dos serviços de saúde foi parecida com a dos casos de placebo e intervenção. Concluimos que não há evidência bastante que justifique a implementação de medidas de redução de poeira para melhorar doença atópica existente, mas que intervenções desde o nascimento em indivíduos sob alto risco de atopia são úteis na prevenção da asma diagnosticada, menos no caso da respiração difícil relatada por parentes.

    Abstract in English:

    We assessed whether any household dust reduction intervention has the effect of increasing or decreasing the development or severity of atopic disease. Electronic searches on household intervention and atopic disease were conducted in 2007 in EMBASE, MEDLINE, and the Cochrane Central Register of Controlled Trials. We included randomized controlled trials comparing asthma outcomes in a household intervention group with either placebo intervention or no intervention. Meta-analyses on the prevention studies found that the interventions made no difference to the onset of wheeze but made a significant reduction in physician-diagnosed asthma. Meta-analysis of lung function outcomes indicated no improvement due to the interventions but found a reduction in symptom days. Qualitatively, health care was used less in those receiving interventions. However, in one study that compared intervention, placebo, and control arms, the reduction in heath care use was similar in the placebo and intervention arms. This review suggests that there is not sufficient evidence to suggest implementing hygiene measures in an attempt to improve outcomes in existing atopic disease, but interventions from birth in those at high risk of atopy are useful in preventing diagnosed asthma but not parental-reported wheeze.
ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revscol@fiocruz.br