• Quality of life related to oral health: contribution from social factors Primary Health Care

    Cohen-Carneiro, Flávia; Souza-Santos, Reinaldo; Rebelo, Maria Augusta Bessa

    Abstract in Portuguese:

    Indicadores sociodentais têm sido largamente utilizados nas pesquisas epidemiológicas em saúde bucal, pois adicionam a dimensão de impacto da saúde bucal na qualidade de vida (OHRQoL) de indivíduos e populações. Inúmeros trabalhos têm sido realizados com a finalidade de validar novos instrumentos para mensurar estas percepções subjetivas; entretanto, a associação entre parâmetros sociais e OHRQoL não foi estudada de forma sistemática, havendo dúvida em relação ao papel das principais variáveis sociais como moduladores de impactos. Este estudo objetivou revisar sistematicamente a literatura para evidenciar a associação entre seis parâmetros sociais e OHRQoL. Baseados em seis critérios de exclusão, a pesquisa bibliográfica revelou quarenta artigos para análise. A frequência de associações esperadas (positivas) entre os parâmetros sociais e OHRQoL foi maior que as associações não esperadas (negativas) para os seis parâmetros. Concluiu-se que as condições sociais mais claramente associadas à percepção de impactos negativos da saúde bucal na qualidade de vida foram mulheres, de baixa escolaridade e baixa renda, imigrantes ou pessoas pertencentes a grupos étnicos minoritários.

    Abstract in English:

    Sociodental indicators have been widely used in epidemiological research related to oral health, as they add the dimension of the impact of oral health on the quality of life of individuals and populations. Various studies have been done in order to validate new instruments to assess these subjective perceptions, however, the association between social parameters and impact on oral health-related quality of life (OHRQoL) has not been systematically studied, thus there is still doubt as to the role of the main social variables as OHRQoL impact modulators. This study aims to systematically review the literature in order to evidence the association between six social parameters and OHRQoL. Based on six exclusion criteria, the literature search revealed 40 eligible publications for analyses. The frequency of expected (positive) association between the social parameters and OHRQoL was greater than the non-expected (negative) associations for the six parameters. Conclusions: The social conditions most clearly associated with the perception of negative impact on OHRQoL were: women, with poor education and low income, immigrants or people belonging to minority ethnic groups.
ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revscol@fiocruz.br