• Methods for assessing the completeness of data in health information systems in Brazil: a systematic review Revisão

    Correia, Lourani Oliveira dos Santos; Padilha, Bruna Merten; Vasconcelos, Sandra Mary Lima

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo teve como objetivo revisar a literatura acerca dos métodos aplicados para avaliar a completitude dos dados dos sistemas de informação em saúde. Foram pesquisadas as bases de dados Medline, SciELO e Lilacs usando os descritores "qualidade", "qualidade dos dados", "qualidade da informação" e "sistemas de informação". Incluíram-se artigos, dissertações e teses que avaliaram o preenchimento das variáveis. Nos 19 estudos revisados os sistemas de racionalidade epidemiológica, foram os mais avaliados (90,5%). Estudos sobre completitude ainda são escassos (média de um/ano). Os métodos variam desde a sua análise isolada à avaliação de mais de uma dimensão de qualidade. O termo completitude é o mais utilizado para caracterizar o preenchimento das variáveis. O escore de Romero e Cunha é o mais frequente. As fontes e o meio de acesso aos dados mais comuns foram os bancos de dados dos SIS e o sítio do Datasus. Predominaram estudos com dados da região Sudeste e Brasil. Os indicadores que mensuram a completitude variam de uma simples frequência relativa a índices e indicadores-síntese. A heterogeneidade de métodos carece de padronização e divulgação de informações que permitam comparações entre os estudos.

    Abstract in English:

    The scope of this study was to review the literature on the methods used to assess the completeness of the data in health information systems. Searches were conducted in the Medline, SciELO and Lilacs databases using the key words "quality," "data quality," "quality of information" and "information systems." It included articles, dissertations and theses that assessed the fulfillment of variables. In the 19 studies reviewed, the epidemiological rationality systems were the most evaluated (90.5%). Studies on completeness are still scarce (one per year on average). Methods vary from isolated analysis to the evaluation of more than one dimension of quality. The term completeness is the word most used to characterize the fulfillment of variables. The Romero and Cunha score is the most frequent. The SIS databases and Datasus site were the sources and means of access to the most common data. Studies with data from the Southeast of Brazil were predominant. The indicators that measure the completeness vary from simple relative frequency to indices and synthesis-indicators. The heterogeneity of methods lacks standardization and dissemination of information to enable comparisons between the studies.
  • Economic impact of Alzheimer's Disease in Brazil: is it possible to improve care and minimize costs? Revisão

    Gutierrez, Beatriz Aparecida Ozello; Silva, Henrique Salmazo da; Guimarães, Cristina; Campino, Antonio Carlos

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste estudo foi discutir dados relativos aos custos da Doença de Alzheimer (DA) e as iniciativas assistenciais para reduzir custos e auxiliar a família e os cuidadores no manejo com a doença. O fator de maior custo para as pessoas com DA leve foi o do tempo do cuidador não remunerado, enquanto que para aqueles com a doença em estágio avançado foi o dos cuidados relativos à institucionalização. Frente a esse panorama a literatura propõe a adoção de modelos de atenção que maximizem a independência funcional do idoso e a manutenção de suas habilidades, como a implantação do Centro Dia para Idosos e de programas de reabilitação e amparo ao idoso e família. Esses modelos de atenção precisam ser discutidos, estruturados e implantados na realidade brasileira.

    Abstract in English:

    The scope of this study is to discuss data relating to the costs involved with Alzheimer's Disease and the initiatives in terms of care in order to reduce costs and help family members and caregivers to cope with the disease. The biggest cost for people with mild Alzheimer's Disease is the cost of time spent by the unremunerated caregiver, and for those at the advanced stages of the disease it is the cost of institutional care. In this respect, the literature proposes the adoption of models of care that maximize the functional independence of the elderly and maintain their skills, such as Day Care Centers for the Elderly and rehabilitation programs and support offered to the elderly and their family members. These models of care need to be discussed, structured and deployed in the context of the Brazilian reality.
ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revscol@fiocruz.br